lista de milionários

Brasil perde oito bilionários de acordo com lista da revista Forbes

Empresário Jorge Paulo Lemann é o brasileiro mais rico do mundo segundo a publicação

Jorge Paulo Lemann, sócio da 3G Capital
Jorge Paulo Lemann, sócio da 3G Capital

Os rankings mundiais de ricos já não têm tanto mistério como anos atrás, mas a crise econômica e a valorização do dólar ajudou a expulsar alguns bilionários brasileiros das listas. Se em 2015 o país tinha 32 ultra ricos segundo a revista Forbes, este ano o número caiu para 23. O empresário Jorge Paulo Lemann é o brasileiro mais rico do mundo de acordo com a publicação, com uma fortuna estimada em 27,8 bilhões de dólares (cerca de 111 bilhões de reais). No ranking geral ele ocupa a 19ª posição. Atualmente os magnatas têm boa parte de sua fortuna em Bolsa, e os reguladores do mercado de ações lhes exigem transparência. Além disso, os analistas seguem cada passo que dão, assim, pode-se ver quase em tempo real como as fortunas do planeta crescem ou entram em parafuso. Daí que a lista Forbes de 2016 não tenha muito mistério. Bill Gates é o mais rico do mundo.

O espanhol Amancio Ortega, criador da marca Zara, com 67 bilhões de dólares (cerca de 270 bilhões de reais), ganhou posições e se situa em segundo. É seguido pelo investidor Warren Buffet e, em quarto lugar, aparece o mexicano Carlos Slim. "Bill Gates continua sendo o homem mais rico do mundo, com uma fortuna estimada de 75 bilhões de dólares (300 bilhões de reais), apesar de estar 4,2 bilhões (16,9 bilhões de reais) mais pobre do que há um ano. Ocupa o posto há três anos consecutivos e encabeçou a lista em 17 dos últimos 22 anos.” Assim resume a revista Forbes o primeiro lugar de sua lista deste ano. Lembra que a posição de Ortega, sim, é uma novidade, já que nunca havia chegado ao segundo posto.

Entre os bilionários, afirma a publicação, o que teve melhor ano foi Mark Zuckerberg, o fundador do Facebook, que aos 31 anos adicionou mais 11,2 bilhões de dólares (44,8 bilhões de reais) à sua fortuna em 2015, o que lhe permitiu passar da 16ª posição para a sexta na classificação. Também o criador da Amazon, Jeff Bezos, subiu com força no ranking, até o quinto posto. Por sua vez, Wang Jianlin, o multimilionário chinês, proprietário, entre outras coisas, de parte do Atlético de Madrid e do Edifício Espanha, na capital espanhola, entra no top. 20.

Apenas duas mulheres aparecem no ranking dos 20 mais ricos. Uma delas é Liliane Bettencourt, da marca francesa L'Oreal, na 11ª posição, e a norte-americana Alice Walton, do Wal-Mart, em 16º lugar.