Brit Awards 2016

Adele confirma seu indiscutível reinado nos Brit Awards 2016

A compositora recebeu quatro estatuetas, entre elas a de melhor cantora e melhor álbum

Adele, emocionada, recebe os prêmios do Brit Awards.D. M. Benett

MAIS INFORMAÇÕES

Adele confirmou seu indiscutível reinado ao receber os Brit Awards de melhor álbum (25), melhor single (Hello), melhor artista britânica e sucesso global, durante uma festa que transformou o Coldplay na banda mais laureada em prêmios britânicos de música. O cantor e compositor James Bay, já escolhido no ano passado como o favorito da crítica, recebeu a estatueta de melhor solista masculino.

Uma Adele muito emocionada deixou para trás, na noite desta terça-feira, o vexame na cerimônia do Grammy – onde desafinou notoriamente durante a apresentação por causa dos “problemas de som” – ao receber os quatro prêmios que refletem mais uma vez sua condição de campeã de vendas com 25, que colocou milhões de cópias no mercado desde o lançamento em novembro passado. No início deste mês, a cantora e compositora londrina, de 27 anos, foi nomeada Artista do Ano pela Federação Internacional da Indústria Discográfica com sede em Londres. Adele dedicou seu primeiro prêmio da noite à colega norte-americana Kesha, que vem recebendo apoio através de uma campanha na Internet depois de perder um processo contra seu produtor, acusado de abusos sexuais.

Também foi uma cerimônia muito especial para o Coldplay, que com sua nona estatueta bateu o recorde de Brit Awards recebidos por uma banda britânica (embora ainda distante dos 17 prêmios de Robbie Williams na categoria individual). O grupo liderado por Chris Martin, também nomeado sem sucesso por seu álbum A Head Full of Dreams, dedicou o prêmio aos jovens músicos que lutam para abrir caminho no setor.

Ainda na lembrança de muitos o tombo espetacular de Madonna durante a premiação do ano passado, os organizadores desta 36ª edição trouxeram para o palco da Arena O2 em Londres as apresentações de estrelas como Rihanna, já recuperada da bronquite que a impediu de participar do Grammy, os premiados Adele e Coldplay – ambos pela primeira vez em quatro anos – e Justin Bieber. O canadense, ganhador há quatro anos do prêmio de melhor artista estrangeiro revelação, recebeu a estatueta de melhor solista masculino do âmbito internacional. Na categoria feminina, o troféu ficou com a islandesa Björk e, na de grupos, com os australianos do Tame Impala e seu rock psicodélico.

O voto dos fãs elegeu a banda de rock galesa Catfish and The Bottlemen para o prêmio de apresentação do ano e os One Direction, para o de melhor vídeo artístico, durante uma noitada que teve um de seus momentos de maior brilho na homenagem ao grande David Bowie, falecido em janeiro passado.

Arquivado Em: