Seleccione Edição
Login

Jess Glynne e Coldplay desafiam Adele na festa dos Brit Awards

A autora de '25' é a favorita para os prêmios de melhor álbum e artista, que acontece nesta quarta-feira

O grupo de Chris Martin e Glynne, um artista em ascensão, são seus principais rivais

A cantora Adele. / Vídeo: Os maiores nominados aos British Awards.

Adele pode ter sua revanche hoje. Depois de uma noite pouco agradável nos Grammys –a cantora desafinou durante sua atuação, o que atribuiu aos “problemas de som”-, a artista chega à festa desta quarta dos Brit Awards, os prêmios da música britânica, como a grande favorita entre os nominados. As casas de aposta consideram que ela levará ao menos dois dos prêmios aos que está nominada: melhor álbum, por '25', que vendeu milhões de cópias em todo o mundo desde que saiu, em 20 de novembro, e melhor artista feminina do ano. Além disso, Adele também concorre pelo melhor single (Hello) e pelo vídeo da mesma canção.

Pela data de lançamento de '25', Adele não pôde competir nos Grammy. O anúncio das nomeações, que não tinham a cantora em nenhuma categoria, desatou a ira de seus fãs nas redes sociais, que, por outro lado, acabaram esquecendo das regras destas premiações: na edição de 2016 só participavam discos apresentados antes de 1 de outubro de 2015.

Os outros aspirantes a melhor álbum britânico nos Brit Awards são Coldplay, com A Head Full of Dreams, Florence and the Machine, por How Big, How Blue, How Beautiful, James Bay, com Chaos and the Calm e Jamie xx, por In Colour. Mas, de modo geral, a banda liderada por Chris Martin também espera uma festa que poderia ser histórica: se Coldplay ganhasse ao menos uma duas categorias das quais participa (o outro é de melhor grupo), se converteria na banda mais premiada da história dos Brit Awards, com 9 troféus–o recorde individual, aí sim,  são os 17 de Robbie Williams.

A principal rival de Adele talvez seja sua possível herdeira –se é que o termo vale para uma cantora de 27 anos e nova sensação do pop e soul britânicos. No auge dos seus 26 anos Jess Glynne chega ao prêmio com três nomeações (melhor intérprete feminina, revelação, e single, por Hold my Hand) e as expectativas geradas por seu ano extraordinário.

Quanto ao músico britânico do ano, o prêmio ficará entre Aphex Twin, Calvin Harris, James Bay, Jamie xx e Mark Ronson. E outro criador, cuja lenda vai bem além dos Brit Awards, receberá o aplauso unânime da gala: David Bowie, morto em janeiro, será homenageado ao longo da noite. A cerimônia também contará com atuações da própria Adele, Rihanna, Justin Bieber, The Weeknd e Little Mix. Embora, segundo os próprios apresentadores, dificilmente algo poderá superar a queda de Madonna na gala do ano passado.

MAIS INFORMAÇÕES