Icon

Sim, este é Macaulay Culkin (e ele continua sozinho em casa)

Ator reassume personagem de ‘Esqueceram de Mim’ num curta ‘tarantinesco’

Macaulay Culkin volta ao papel de Kevin McCallister.

Faz 20 anos que ele protagonizou um filme pela última vez (Riquinho, 1995). Desde então, Macaulay Culkin, nova-iorquino de 35 anos, levou uma vida problemática, com idas e vindas em clínicas de desintoxicação, brigas familiares e apenas meia dúzia de aparições fugazes em filmes de repercussão nula. Culkin se tornou figurinha fácil naquelas galerias tipo Que fim levou...?. Mas, de repente, reaparece em um delirante curta-metragem de cinco minutos, no qual reassume o papel de Kevin McCallister, seu personagem em Esqueceram de Mim (1990). E não, não é nada agradável ver em que se transformou aquele menino tão adorável.

MAIS INFORMAÇÕES

Vamos relembrar. Todas as crianças do mundo queriam ser Kevin McCallister: ele fica sozinho em casa no Natal e tem a oportunidade de viver aventuras em que usa sua criatividade e imaginação para se defender de dois ladrões que entram para roubar. O filme, dirigido por Chris Columbus, continua sendo a comédia de maior bilheteira na história nos Estados Unidos, e fez de Culkin o maior astro infantil de toda uma geração. Mas o ator se envolveu com álcool e drogas, depois de uma polêmica amizade com Michael Jackson e de romper com seus pais, que torraram todo o dinheiro que Culkin ganhou com o filme.

E agora ele volta. Se Harrison Ford pode recuperar Han Solo em Star Wars, Culkin tem todo o direito de nos contar que, de fato, Kevin McCallister é hoje um homem perturbado, cuja vida foi marcada por uma mãe que se esqueceu dele no Natal e por dois desconhecidos que durante horas tentaram sequestrá-lo e torturá-lo. Esse é o argumento da websérie :DRYVRS, escrita e protagonizada por Jack Dishel. A série tem vários episódios, cada um com um convidado famoso. O primeiro é Macaulay Culkin.

Macaulay Culkin aparece com esse aspecto macabro em ':DRYVRS’'.
Macaulay Culkin aparece com esse aspecto macabro em ':DRYVRS’'.

Nesse episódio, McCallister revela que atualmente trabalha como motorista do Uber e não perde nenhuma chance de usar a violência. Talvez Kevin esteja tentando reequilibrar suas emoções, transformando-se no torturador, ou talvez aterrorizar vítimas faça com que ele se sinta como naquela noite de Natal, a mais emocionante da sua vida.

Aqui pode ser visto inteiro o curto ':DRYVRS':

No curta, quando o cliente entra no táxi, ocorre o seguinte diálogo:

McCallister (Macaulay): “É Natal, a droga das festas de fim de ano, e a sua família sai de férias e esquece o filho de oito anos. Você passa uma semana sozinho em casa.

Cliente (muito surpreso): “Sinto muito, cara, não foi por mal”.

McCallister: “Precisei defender minha casa de dois invasores psicopatas!”.

Cliente (agora temeroso): “Isso é realmente terrível”.

McCallister: “Eu era só uma criança...”.

O trajeto de carro termina em um tarantinesco banho de sangue, que evoca um pouco a cena da orelha em Cães de Aluguel e um pouco também o final do clipe de Smells Like Teen Spirit, do Nirvana. No primeiro episódio de :DRYVRS – o único em que Culkin aparecerá, já que cada capítulo tem um motorista diferente –, Kevin se refere a si mesmo como “a porra da criança de oito anos mais adorável do mundo”. Uma homenagem ao seu próprio talento e seu carisma infantil, que Culkin tem suficiente instinto criativo e senso de humor para conseguir erradicar. Se tiver assumido que nunca deixará de ser um ícone geracional, um mero brinquedo quebrado, pelo menos agora pode fazer o que bem entender com a sua fama.

Macaulay Culkin está há 21 anos praticamente aposentado do cinema e, após diversos problemas com a Justiça por porte de maconha e de tranquilizantes sem receita e por dirigir embriagado, parece ter ganhado juízo ao lado da atriz Mila Kunis, de quem se separou em 2011, após nove anos de relacionamento. O ator não teve filhos. Agora vive com a atriz de novelas Jordan Lane Price. Além disso, desde 2013 é o líder de uma surrealista banda de rock/trupe teatral chamada The Pizza Underground, uma paródia do Velvet Underground que sempre canta sobre pizza: Femme Fatale virou Pizza Gal (a menina da pizza) e Take a Walk on the Wild Side (dê um passeio pelo lado selvagem) virou Take a Bite of the Wild Slice (morda a fatia selvagem). A banda foi promovida com um vídeo viral de Macaulay Culkin comendo pizza.

Culkin só retorna ao cinema de vez em quando para interpretar psicopatas que, no fundo, são uma homenagem a essa carreira efêmera (seis anos na ativa), mas multimilionária.

Macaulay Culkin e sua namorada, Jordan Lane Price, cantando em 2014 com a banda do ator, 'The Pizza Underground'.
Macaulay Culkin e sua namorada, Jordan Lane Price, cantando em 2014 com a banda do ator, 'The Pizza Underground'. (Getty Images)

 

Arquivado Em: