Com voto aberto, Senado endossa prisão determinada pelo STF

Nova fase de investigação prende senador petista Delcídio do Amaral e banqueiro

Senadores deliberam sobre prisão de Delcídio
Senadores deliberam sobre prisão de Delcídio Agência Senado

Nova fase da Operação Lava Jato, que investiga o esquema de desvios bilionários na Petrobras, prendeu preventivamente, nesta quarta-feira, o senador Delcídio do Amaral (PT-MS), líder do Governo no Senado. Ele e o banqueiro André Esteves, do BTG, também detido, são acusados de tentar atrapalhar as apurações. Veja abaixo como os eventos evoluíram ao longo da quarta-feira.

EL PAÍS BRASIL
A presidenta Dilma deve se manifestar em instantes sobre a aceitação do pedido de impeachment por Eduardo Cunha
Rodolfo Borges
Rodolfo Borges
Rodolfo Borges
Decisão do STF mantida por 59 votos a 13, e uma abstenção. Delcídio do Amaral seguirá preso.
Rodolfo Borges
Rodolfo Borges
Após o ministro Edson Fachin conceder mandado de segurança por votação aberta, Renan Calheiros diz que não é necessário e defende separação entre os poderes.
Rodolfo Borges
Rodolfo Borges
É a "sessão constrangimento", resume o senador Agripino Maia (DEM). É "contra o coração e a favor da razão", o clima da votação. A prisão de Delcídio "veio como uma bofetada na minha cara", diz o senador.
Rodolfo Borges
Rodolfo Borges
Os senadores elogiam Delcídio. Garibaldi Alves Filho (PMDB) lamenta ter de votar contra o colega. Diz estar de coração partido.
Rodolfo Borges
Rodolfo Borges
Enquanto votam, os senadores debatem o caso.
Rodolfo Borges
Rodolfo Borges
A votação será aberta.
Rodolfo Borges
Rodolfo Borges
Jader Barbalho protesta contra o voto aberto e diz que nem sempre as maiorias estiveram certas ao longo da história. Garante, contudo, que votará confortavelmente seja qual for o modo de votação, porque não se considera "leviano".
Rodolfo Borges
Rodolfo Borges
PMDB liberou a bancada para que cada um de seus senadores se posicione como quiser.
Rodolfo Borges
Rodolfo Borges
PSD se soma aos anseios pelo voto aberto. Omar Aziz chama o presidente do PT, Rui Falcão, de covarde por conta da nota sobre Delcídio.
Rodolfo Borges
Rodolfo Borges
PRB também se posiciona pelo voto aberto.
Rodolfo Borges
Rodolfo Borges
PSB quer voto aberto, em nome da transparência.
Rodolfo Borges
Rodolfo Borges
Senadores começam a votar sobre como funcionará a votação: PT instrui posição por voto fechado. Rede quer voto aberto.
Rodolfo Borges
Rodolfo Borges
Humberto Costa (PT) diz que a bancada do PT no Senado não tinha conhecimento e não foi consultada sobre a nota divulgada pelo partido, e que a mensagem não reflete necessariamente a posição da bancada.
Rodolfo Borges
Rodolfo Borges
Renan chama nota do PT sobre Delcídio de "oportunista e covarde". O presidente do Senado foi muito aplaudido. Na nota, os petistas disseram que não se julgam obrigados a ter qualquer gesto de solidariedade com o senador detido.
Rodolfo Borges
Rodolfo Borges
Senador Aloysio Nunes (PSDB) diz que o presidente do Senado está se antecipando, ao debater o mérito da questão antes de definir como a votação será feita.
Rodolfo Borges
Rodolfo Borges
Os senadores seguem debatendo a forma de votação sobre a prisão do colega Delcidio do Amaral. Renan Calheiros diz que o que está em jogo é se o STF pode mandar prender um senador de forma preventiva, sem julgamento.
Rodolfo Borges
Rodolfo Borges
Rodolfo Borges
Rodolfo Borges
Rodolfo Borges

Arquivado Em

Recomendaciones EL PAÍS
Recomendaciones EL PAÍS