Daniel Alves

Dani Alves: “O Barça não me respeita”

Brasileiro, cujo contrato termina em junho, não sabe o que vai fazer na próxima temporada

Dani Alves, durante a coletiva de imprensa.
Dani Alves, durante a coletiva de imprensa.LLUIS GENE (AFP)

Dani Alves acaba de afirmar que seu futuro “é uma incógnita”, embora tenha dito que não tomou nenhuma decisão porque quer se concentrar nas duas finais que o Barcelona tem pela frente (no sábado contra o Athletic de Bilbao, na Copa do Rei, e em 6 de junho contra a Juventus, pelo título da Liga dos Campeões). Tomarei uma decisão depois da Liga dos Campeões. Antes disso não, pois tiraria minha concentração. Estou aqui porque estou ouvindo muitas bobagens. Estão me faltando com o respeito e tenho um limite. Cada um coloca interpretações em seu jornal de acordo com seus interesses. E eu já cheguei ao limite”, alertou. “Neste momento está descartado continuar no Barcelona”, disse o brasileiro, mas logo deixou a porta aberta para permanecer. “Se o clube quer que eu continue, já sabe o que fazer. Continuo dizendo que gostaria de ficar, mas não a qualquer preço e não falo de dinheiro, mas de respeito”. Em um momento da entrevista coletiva, na qual se referiu repetidamente à falta de respeito do clube para com ele, afirmou: “Tenho os dois pés dentro do time e um pé, o corpo e a cabeça fora do clube. Mas com o time estou 200% comprometido; com o clube, 10%”.

MAIS INFORMAÇÕES

O lateral enfatizou que o problema com o clube não é de dinheiro nem sobre a duração do contrato. “É de respeito. Tenho a sensação de que o clube não me dá o valor que penso merecer”, afirmou. “O clube não queria renovar meu contrato, nem há um ano nem há seis meses. Até que souberam da decisão da FIFA, é claro. O clube quer que eu continue faz três meses”, disse Daniel Alves, que admitiu que não tem falado com Luis Enrique: “Ele já tem muito a fazer. Além disso, é um problema meu e uma decisão minha”.

O jogador disse que há menos de um mês se reuniu com o presidente, mas não quis revelar o conteúdo da conversa. “Falamos sobre coisas que não me interessavam, por isso não interessam a vocês”, acrescentou. “O clube não quer renovar meu contrato, de um ano para cá é assim”, insistiu. E recusou que Luis Enrique e Messi intercedessem por ele: “Não tenho necessidade de que eles peçam nada ao clube”.

O jogador azul-grená reconheceu ter ofertas de outros clubes que o respeitam. “Sou mais valorizado fora que no Barça, é melhor não comparar as ofertas que recebi com a do Barcelona. Sou bonito, mas não jogo por causa isso. Jogo porque me dedico muito e me cuido”, arrematou Dani Alves.

Arquivado Em: