Morre Joe Cocker

O cantor morreu aos 70 anos após uma longa doença, segundo seu representante

O cantor britânico Joe Cocker morreu aos 70 anos de idade. A voz grave e vulcânica do soul branco sucumbiu a um câncer de pulmão (de acordo com um comunicado de sua gravadora, Sony) pondo fim a uma carreira que começou entre os vapores do álcool em clubes de Sheffield, na década de sessenta.

Deixa para a história sua voz única e seus movimentos espasmódicos sobre o palco, plasmados por toda a eternidade em sua dramática interpretação de With a Little Help from my Friends, dos Beatles, no palco de Woodstock, quando o cantor tinha 25 anos, registrada no filme do festival. Aquela versão, pela qual foi elogiado pelos próprios autores, foi a primeira vez que chegou ao topo das paradas em 1968 e revelou o seu gosto e acerto ao reinterpretar composições de outras pessoas.

De origem proletária, sucumbiu a todas as tentações da boemia roqueira. Mas mesmo quando parecia ter chegado ao fundo do poço era capaz de fazer sucesso em todo o planeta. Sua voz ficará para sempre ligada ao cinema da década de oitenta, graças a Up Where I Belong, seu dueto com Jennifer Warnes em A Força do Destino, e especialmente por sua versão de You Can Leave Your Hat On, de Randy Newman, em Nove Semanas e Meia de Amor, hino ao erotismo para toda uma geração

John Robert Cocker, nascido no dia 20 de maio de 1944, em um subúrbio de Sheffield, vivia há anos nos EUA, em um rancho no Colorado, com sua segunda esposa. Seu agente, Berrie Marshall, confirmou esta tarde a morte de um artista “simplesmente único”. “Vai ser impossível preencher o espaço deixado em nossos corações”, acrescentou.

No começo de sua carreira usou o nome artístico de Vance Arnold. Com sua banda, os Avengers e sua voz poderosa, fazia versões de sucessos de Chuck Berry e Ray Charles. Em 1963, abriram para os Rolling Stones em Sheffield. Um ano mais tarde assinou um contrato para o primeiro de seus vinte álbuns solo.

No ano passado, embarcou em uma turnê triunfal por várias cidades europeias que terminou em junho no Hammersmith Apollo de Londres, onde o destino quis que fosse seu último concerto.