Seleccione Edição
Login

Cristina Kirchner é internada devido a “quadro febril infeccioso”

A presidenta de Argentina está em observação em um hospital de Buenos Aires

Cristina Kirchner em um ato na semana passada.

A presidenta da Argentina, Cristina Kirchner, foi internada no domingo à tarde no hospital de Buenos Aures Otamendi devido a “um quadro febril infeccioso”. A notícia foi divulgada na Argentina no domingo à noite, depois que os médicos presidenciais Marcelo Ballesteros e Ricardo Solla apresentaram um breve comunicado que dizia que, naquela tarde, Kirchner apresentava um quadro febril infeccioso.

“Devido a isso decidiu-se por sua internação para diagnóstico e tratamento”, afirma o documento.

A doença acontece depois que em 17 de outubro Kirchner teve uma faringite, e por isso teve de ficar de repouso por 48 horas. Na ocasião, a presidenta reapareceu em público quatro dias depois de diagnosticado o problema.

Cristina Kirchner foi operada em outubro do ano passado devido a um hematoma craniano. Durante seis semanas a presidência ficou a cargo do vice-presidente, Amado Boudou, que está envolvido em um caso de corrupção.