AO VIVO | Dilma: “Recebi um recado. Devo continuar nessa luta”

Em seu primeiro discurso pós-votação, presidenta agradece à militância e ao ex-presidente Lula da Silva

Propaganda eleitoral em Rio Branco.
Propaganda eleitoral em Rio Branco.Fernando Bizerra Jr. (EFE)

Com 99% das urnas apuradas, o candidato do PSDB, que foi dado como 'morto', consegue 34% dos votos. Presidenta fica com 41% e Marina Silva sai da corrida eleitoral, com 21%. A abstenção foi de 19%, um ponto a mais que em 2010.

Siga abaixo as atualizações sobre a apuração das urnas feitas ao longo deste domingo.

EL PAÍS BRASIL
Dilma Rousseff ataca PSDB, promete plebiscito por reforma e se diz aberta a apoios http://cort.as/HOah
EL PAÍS BRASIL
No discurso pós-primeiro turno, Aécio Neves evoca Eduardo Campos e diz representar desejo de mudança http://cort.as/HOaZ
EL PAÍS BRASIL
Marina Silva diz que apoio para segundo turno será discutido na coligação http://cort.as/HOYX “Parte da sociedade está determinada a qualificar as mudanças”
EL PAÍS BRASIL
As eleições brasileiras em imagens http://cort.as/HOUh
EL PAÍS BRASIL
Sexto colocado, com pouco mais de 620.000 votos, Eduardo Jorge destacou no Twitter a oportunidade de abordar propostas. Confira o perfil do candidato do PV http://cort.as/HNlx
EL PAÍS BRASIL
Aécio Neves: “Um sentimento de mudança amplamente presente em todo o Brasil foi vitorioso no primeiro turno. Me sinto extremamente honrado em ser o representante desse sentimento nessas três semanas que nos separam da eleição”, discursou o senador mineiro. Foto: AFP.
EL PAÍS BRASIL
Marina Silva disse ainda que fará um balanço dos erros da campanha. "A derrota e a vitória se mede na história. O erro e o acerto também. Em determinados momentos você tem que esperar pela história".
EL PAÍS BRASIL
Marina Silva evitou falar sobre apoios no segundo turno. "A minha postura de me recolher e criar a Rede é uma tendência", disse. Mas questionada se votará em Dilma, fez mistério: "o voto é secreto". Com informações da repórter Marina Rossi.
EL PAÍS BRASIL
"A resistência a uma inédita e despropositada agressividade política já é uma vitória. O futuro me encontrará firme naquilo que me propus: servir o povo brasileiro com o que tenho de melhor". As informações são da repórter Marina Rossi.
EL PAÍS BRASIL
Terceira colocada na disputa, Marina Silva lembrou a aliança firmada há um ano com Eduardo Campos, mas acenou para um distanciamento com o PSB, ao destacar seus planos para a Rede Sustentabilidade.
EL PAÍS BRASIL
Dilma ainda agradeceu ao “nosso querido líder, companheiro e guerreiro presidente Lula”. Segundo Dilma, “sem o presidente Lula eu não teria chegado onde cheguei”, nem teria “realizado o sonho de ajudar a fazer um Brasil melhor”.
EL PAÍS BRASIL
Antes de agradecer o apoio do vice-presidente Michel Temer, Dilma seguiu nos agradecimento aos eleitores: “Sinto como se, deles, eu tivesse recebido uma mensagem. Um recado simples, que diz que devo seguir em frente. Devo continuar nessa luta para mudar o Brasil”.
EL PAÍS BRASIL
A presidenta seguiu: "Minha primeiras palavras ao celebrar esta vitória são, antes de tudo, de agradecimento, porque a gente tem obrigação de agradecer aos eleitores anônimos que saíram de casa e foram às urnas registrar o voto."
EL PAÍS BRASIL
"Mais uma vez, o povo brasileiro me honrou com a sua confiança ao me dar a vitória nesta disputa de primeiro turno", discursou a presidenta Dilma Rousseff após a confirmação de sua vitória parcial no primeiro turno.
EL PAÍS BRASIL
Depois de prestar sua reverência a Campos, o senador tucano mencionou os sonhos do colega, com quem havia firmado um pacto de não agressão durante a campanha, para dizer que “saberemos juntos transformá-los em unidade”.
EL PAÍS BRASIL
Após garantir a ida para o segundo turno, Aécio Neves evoca memória do ex-governador de Pernambuco Eduardo Campos, morto em agosto: “Queria deixar uma palavra de homenagem muito pessoal a um amigo, um homem público honrado, digno, que foi abatido por uma tragédia nesta campanha”.
EL PAÍS BRASIL
Após garantir presença no segundo turno, o presidenciável Aécio Neves citou o avô Tancredo Neves: "Não vamos nos dispersar, estamos apenas no meio da caminhada". Para ele, "a razão do êxito neste primeiro turno foi a verdade".
EL PAÍS BRASIL
A disputa pelo governo do Rio Grande do Sul teve um dos desfechos mais surpreendentes da eleição. A senadora Ana Amélia (PP), que liderou as pesquisas durante quase toda disputa, ficou de fora do segundo turno, que será disputado entre Ivo Sartori (PMDB) e Tarso Genro (PT)
EL PAÍS BRASIL
Na disputa pelo Senado em São Paulo, o ex-governador José Serra (PSDB) se elegeu com expressivos 10,9 milhões de votos (58,5%). O segundo colocado na corrida eleitoral foi o senador Eduardo Suplicy (PT), que obteve 6,1 milhões (32,5%) de votos. Gilbeto Kasssab ficou com 5,93%
EL PAÍS BRASIL
O deputado federal eleito com maior número de votos no Rio de Janeiro foi Jair Bolsonaro (PP), com mais de 464.000 votos. Ele é seguido por Clarissa Garotinho (PR), que recebeu 335.000 votos, e Eduardo Cunha (PMDB), com 232.000.

Mais informações

Arquivado Em

Recomendaciones EL PAÍS
Recomendaciones EL PAÍS