As lesões causam dor de cabeça em Del Bosque

Novos exames mostram que Diego Costa teve uma lesão grave Outro que preocupa é o meia Jesús Navas

Diego Costa, aleijado, se retira em Da Luz.
Diego Costa, aleijado, se retira em Da Luz.Lars Baron / Getty Images

Os exames feitos ontem em Diego Costa pelo Atlético de Madri confirmaram que o atacante Diego Costa, de 25 anos, sofreu uma microrrotura muscular no bíceps femoral do músculo direito, o chamado músculo do chute, a mesma lesão que padecia antes de disputar o final da Champions ante o Real Madrid em Lisboa, onde foi substituído antes dos dez minutos. Diego Costa não foi descartado ainda por Del Bosque da lista de jogadores convocados para a disputa da Copa do Mundo 2014. O selecionador pretende esgotar os prazos antes de confeccionar sua seleção, mas as decisões vão caindo por seu próprio peso. “Quem não esteja pronto para treinar no dia 2 [de junho], não viaja”, avisou Del Bosque no domingo, quando deu uma lista de 19 jogadores para enfrentar a Bolívia nesta sexta-feira em Sevilla. “Não aceitaremos hipoteca”, asseguram em sua equipe.

O treinador parece atender ao que tem em Las Rozas, 19 jogadores, e espera o que possa ocorrer. Gosta de dizer que há questões que se solucionam deixando correr a água. “Somos a única equipe nesta situação e vai nos tomar tempo”, advertem na federação espanhola a instâncias do treinador.

Faz semanas, inclusive meses, que algumas das seleções participantes reuniram seus jogadores escolhidos. A Espanha tem 18 dias para se preparar para o Mundial (debuta no dia 13 de junho, sexta-feira, diante da Holanda em Salvador), e Del Bosque não quer ninguém que não esteja pronto para disputar em plenitude esse primeiro partido. E isso passa por começar a se treinar desde o primeiro dia sem reservas. Em princípio e atendendo às provas e às evidências, todos os que ontem chegaram a Las Rozas pela manhã e treinaram pela tarde estão à disposição para jogar na sexta-feira contra a Bolívia e em consequência, de ser convocados para a Copa no Brasil. Os "internacionais" passarão por provas médicas, entre a jornada de ontem e a de hoje.

Del Bosque espera saber se Costa e Jesús Navas, o ponta direita do Manchester City, estão bem. A lista do treinador será a do médico, porque ninguém que não tenha o aval dos profissionais estará no avião que os levará ao Mundial, via Washington, no próximo dia 2. “Estamos atento e avaliaremos durante a semana”, advertiram ontem fontes médicas da federação. O problema é que há pacientes que não dizem a verdade nem ao médico e isso exige muito tino. “Não se aceitam hipoteca”, se repete em Las Rozas.

O meia do City sofreu uma contusão que gerou um edema na zona do perônio

Se a lesão de Costa parece excluí-lo, o tornozelo de Navas é uma incógnita. O meia do City sofreu uma contusão que gerou um edema na zona do perônio. A única lesão que atacou Navas tem a ver com um tornozelo, em setembro de 2010, após o Mundial da África do Sul em uma partida contra o PSG, lesão que se arrastou por toda a temporada.

A federação deve comunicar uma lista de 23 jogadores à FIFA no próximo 2 de junho. Todos devem ter passado pela lista dos 30 que divulgou no dia 20 de maio. No caso de que um jogador seja baixa por lesão, poderia substituí-lo por outro jogador que não fora incluído na mesma. Essa poderia ser a porta para Deulofeu se Navas for impossibilitado e Del Bosque sinta que precisa um meia para valer.