Os Estados Unidos registram um segundo caso importado de coronavírus

O paciente também chegou da Arábia Saudita. O doente anterior já recebeu alta médica

Imagem do coronavírus (amarelo) do Instituto Nacional para Alergia e as Enfermidades Infecciosas.
Imagem do coronavírus (amarelo) do Instituto Nacional para Alergia e as Enfermidades Infecciosas.

As autoridades sanitárias da Flórida informaram a existência de um segundo caso de coronavírus importado da Arábia Saudita nos Estados Unidos. O paciente está internado e está evoluindo bem, disse o Centro de Controle de Enfermidades em um comunicado.  

É o segundo caso desta doença que se registra no país em 10 dias. O anterior foi um homem que viajou da Arábia para Indiana para visitar a sua família e que já recebeu alta. Os doentes não estão relacionados. Também não houve novos casos entre as pessoas que estiveram em contato com o primeiro dos afetados, e se mantém em observação aos relacionados com o segundo.

O Centro de Controle de Enfermidades recomendou a todas as pessoas que tenham sintomas respiratórios e viajou nas últimas duas semana à península arábica que vão a um especialista.

No dia 6 de maio, o Centro Europeu de Controle de Enfermidades (ECDC) tinha registrados 495 casos desta doença, sendo que 141 vítimas morreram.