Nuvem de bananas contra o racismo

Hulk, Neymar, Agüero, Roberto Carlos... esportistas e famosos reagem com fotos que imitam o gesto de Alves comendo a banana

Hulk, Neymar, Roberto Carlos... muitos jogadores reagiram nas redes sociais com fotos que imitam o gesto de Alves comendo a banana para mostrar seu apoio. "Temos que levar assim, com humor. Não vamos mudar isto facilmente. Estou há 11 anos com a mesma coisa na España, sofrendo isso, e temos que rir destes retardados. Se não damos importância, eles não conseguem seu objetivo", declarou depois do incidente o jogador brasileiro. Todos usam o hashtag #somosmacacos. Seu colega Neymar, machucado e que estava assistindo o jogo pela televisão, reagiu imediatamente escrevendo nas redes sociais "Somos todos macacos" e "Diga não ao racismo". Neymar publicou uma imagem com seu filho, na qual os dois aparecem com uma banana. A foto tem quase meio milhão de "likes".

A campanha "Somos todos macacos" se uniram, entre outros, o apresentador brasileiro Luciano Huck.

O ex-jogador Bebeto, atualmente deputado estadual, também escreveu em seu Twitter: "Medidas precisam ser tomadas e punições aplicadas de forma enérgica para coibir esse tipo de preconceito, pois se trata de uma verdadeira mancha ao futebol espanhol!".

O Barcelona se solidarizou com seu jogador Dani Alves. Em um comunicado, o clube mostra seu "total apoio" e "solidariedade" depois dos insultos que recebeu, e o episódio da banana que transcendeu pelo mundo todo e reforçou que a atitude de certos torcedores deve ser "isolada" e "erradicada" do mundo do futebol. De todos modos, o Barça esclarece que a atitude racista não está relacionada com o Villarreal, já que valoriza "muito positivamente" o apoio do clube de Castellón e sua condenação "pública e imediata" às agressões registradas no domingo no El Madrigal. "O Barcelona apoia a mensagem de 'Respeito' e 'Não ao racismo' da UEFA, o organismo máximo do futebol europeu, e pede que todos os clubes continuem lutando contra a praga que a agressão contra qualquer esportista em função de sua raça representa", indica o comunicado.

O brasileiro Leandro Barbosa, jogador dos Phoenix Suns, da NBA

Oscar, David Luiz e William, do Chelsea: "Somos felizes, somos todos macacos"

O ex-jogador Roberto Carlos não duvidou em apoiar seu compatriota.

O primeiro-ministro da Itália, Matteo Renzi, e o treinador da seleção italiana, Cesare Prandelli, comeram uma banana em homenagem ao gesto de Alves.

AP Photo/Roberto Monaldo, Lapresse

A apresentadora espanhola do canal público, Mariló Montero, comeu também uma banana ao vivo em seu programa.

Mais informações

Arquivado Em

Recomendaciones EL PAÍS
Logo elpais

Você não pode ler mais textos gratuitos este mês.

Assine para continuar lendo

Aproveite o acesso ilimitado com a sua assinatura

ASSINAR

Já sou assinante

Se quiser acompanhar todas as notícias sem limite, assine o EL PAÍS por 30 dias por 1 US$
Assine agora
Siga-nos em: