“Somos todos macacos”

Daniel Alves come uma banana que jogaram no campo, o árbitro registra o ato e Neymar apoia seu colega nas redes sociais

Imagem de Daniel Alves recolhendo e comendo a banana.
Imagem de Daniel Alves recolhendo e comendo a banana.

Um torcedor do Villarreal lançou uma banana para Daniel Alves, lateral brasileiro do Barcelona, durante o jogo disputado no domingo no estádio El Madrigal, em que o placar ficou em 3 a 2 para o Barcelona. O incidente foi registrado por David Fernández Borbalán, o árbitro do jogo, em  ata, o que pode levar o Villarreal a ser punido pelo Comitê de Competição da Federação, que se reúne na terça-feira.

"No minuto 75, foi lançada uma banana no local onde o número 22 visitante, Daniel Alves da Silva, ia cobrar um escanteio, na zona próxima ao assistente número 2. A banana foi recolhida rapidamente pelo dito jogador, comendo uma porção do mesmo e atirando o resto no campo, retomando o encontro com total normalidade".

(atlas)

O brasileiro não se intimidou ao falar disso. “Há que se fazer piada com estes atrasados. Já estou há 11 anos na Espanha”, explicou o lateral do Barcelona antes de valorizar o esforço da equipe em uma situação tão triste como a de enfrentar um jogo depois da morte de Tito Vilanova, ex-treinador azul-grená. “Temos uma demonstração de que na vida é preciso lutar pelos objetivos. E se não for possível alcançá-lo, que não seja por falta de luta”. Mais tarde, em seu Facebook, o jogador publicou o vídeo de sua ação e fez piada: "Meu pai sempre me falava: Filho, com banana que evita a cãibra (...)"

A reação dos colegas do Barça diante do ato racista também não era de se esperar. "Somos todos macacos", resumiu imediatamente em um post no Twitter e no Instagram, o jogador Neymar, contundido e que estava assistindo ao jogo pela televisão. "Diga não ao racismo", disse.