A estilista L'Wren Scott, namorada de Mick Jagger, é encontrada morta

Aos 49 anos, a designer de moda foi encontrada em seu apartamento em Manhattan Fontes policiais relatam que os primeiros indícios sugerem suicídio

A noiva de Mick Jagger e estilista L'Wren Scott foi encontrada morta, nesta segunda-feira, em seu apartamento em Manhattan, Nova York, segundo informou a polícia da cidade. Scott tinha 49 anos. De acordo com as informações oficiais, a polícia recebeu um telefonema de emergência da casa da estilista, no bairro de Chelsea, às 10h05 da manhã (hora local).

Embora os primeiros indícios levem a polícia a concluir que Scott teria se suicidado, ainda não foi encontrada nenhuma nota de despedida. A equipe médica forense é quem vai determinar a causa exata da morte depois da autópsia. Seu assistente foi quem teria ligado para as autoridades segundo detalhou o New York Post.

Jagger e Scott estavam juntos há mais de uma década, desde 2001. O líder dos Rolling Stones está em turnê com o grupo na Austrália. "Com muita vontade de tocar em Perth", escreveu em sua conta no Twitter o cantor, apenas quatro horas antes da fatídica notícia. Segundo confirmou um porta-voz de Jagger à rede ABC, "o cantor está em choque e devastado pela notícia".

O roqueiro, de 70 anos, e a estilista tinham planejado se casar. Jagger tem sete filhos de quatro mulheres; casou-se com Bianca De Macías em 1971 e começou a sair com Jerry Hall em 1977 com quem posteriormente se casou em 1990.

A estilista odiava que falassem dela simplesmente como a noiva de Jagger. "Sou uma estilista, não quero que me definam como a parceira de ninguém. Sempre te perguntam se as pessoas prestarão atenção ao trabalho que faz", assegurou.

Scott foi modelo em Paris depois de se formar na universidade de Utah e desfilou para Chanel e Thierry Mugler, antes de se mudar para a Califórnia e se converter em estilista. Era muito famosa entre as celebridades. Nicole Kidman, Angelina Jolie e Penélope Cruz eram algumas das mais fiéis à estilista desde que ela lançou sua própria marca de roupa em 2006. Inclusive, a primeira dama dos EUA, Michelle Obama, vestiu alguns de seus modelos. Em fevereiro, a noiva de Jagger cancelou seus desfiles na semana da moda de Londres, embora não se saiba o motivo.

A estilista colaborou recentemente com a marca Banana Republic em uma coleção mais acessível. Sua agência de relações públicas não quis fazer nenhum comentário em relação à sua morte.

Um dos primeiros a mostrar seu pesar foi Marc Jacobs, que escreveu no Twitter: "Descanse em paz, L' Wren Scott. Sempre teremos saudade".

Arquivado Em

Recomendaciones EL PAÍS
Recomendaciones EL PAÍS
Logo elpais

Você não pode ler mais textos gratuitos este mês.

Assine para continuar lendo

Aproveite o acesso ilimitado com a sua assinatura

ASSINAR

Já sou assinante

Se quiser acompanhar todas as notícias sem limite, assine o EL PAÍS por 30 dias por 1 US$
Assine agora
Siga-nos em: