A estilista L'Wren Scott, namorada de Mick Jagger, é encontrada morta

Aos 49 anos, a designer de moda foi encontrada em seu apartamento em Manhattan Fontes policiais relatam que os primeiros indícios sugerem suicídio

A noiva de Mick Jagger e estilista L'Wren Scott foi encontrada morta, nesta segunda-feira, em seu apartamento em Manhattan, Nova York, segundo informou a polícia da cidade. Scott tinha 49 anos. De acordo com as informações oficiais, a polícia recebeu um telefonema de emergência da casa da estilista, no bairro de Chelsea, às 10h05 da manhã (hora local).

Embora os primeiros indícios levem a polícia a concluir que Scott teria se suicidado, ainda não foi encontrada nenhuma nota de despedida. A equipe médica forense é quem vai determinar a causa exata da morte depois da autópsia. Seu assistente foi quem teria ligado para as autoridades segundo detalhou o New York Post.

Jagger e Scott estavam juntos há mais de uma década, desde 2001. O líder dos Rolling Stones está em turnê com o grupo na Austrália. "Com muita vontade de tocar em Perth", escreveu em sua conta no Twitter o cantor, apenas quatro horas antes da fatídica notícia. Segundo confirmou um porta-voz de Jagger à rede ABC, "o cantor está em choque e devastado pela notícia".

O roqueiro, de 70 anos, e a estilista tinham planejado se casar. Jagger tem sete filhos de quatro mulheres; casou-se com Bianca De Macías em 1971 e começou a sair com Jerry Hall em 1977 com quem posteriormente se casou em 1990.

A estilista odiava que falassem dela simplesmente como a noiva de Jagger. "Sou uma estilista, não quero que me definam como a parceira de ninguém. Sempre te perguntam se as pessoas prestarão atenção ao trabalho que faz", assegurou.

Scott foi modelo em Paris depois de se formar na universidade de Utah e desfilou para Chanel e Thierry Mugler, antes de se mudar para a Califórnia e se converter em estilista. Era muito famosa entre as celebridades. Nicole Kidman, Angelina Jolie e Penélope Cruz eram algumas das mais fiéis à estilista desde que ela lançou sua própria marca de roupa em 2006. Inclusive, a primeira dama dos EUA, Michelle Obama, vestiu alguns de seus modelos. Em fevereiro, a noiva de Jagger cancelou seus desfiles na semana da moda de Londres, embora não se saiba o motivo.

A estilista colaborou recentemente com a marca Banana Republic em uma coleção mais acessível. Sua agência de relações públicas não quis fazer nenhum comentário em relação à sua morte.

Um dos primeiros a mostrar seu pesar foi Marc Jacobs, que escreveu no Twitter: "Descanse em paz, L' Wren Scott. Sempre teremos saudade".

Arquivado Em: