Seleccione Edição
Login
TURISMO

Espanha bate recordes e supera a China como terceiro maior destino turístico

O Ministério da Indústria espanhol divulga o balanço oficial e confirma o recorde de visitas

O número de pessoas que passam as férias na Espanha cresce 5,6%

O mercado russo experimenta a maior alta anual, com avanço de 31,6%

Um casal toma sol na praia de Benidorm.
Um casal toma sol na praia de Benidorm. Getty Images

O turismo na Espanha bateu recordes em 2013 com a chegada de 60.661.073 turistas, o que supõe uma expansão de 5,6% ante 2012. Frente à debilidade do conjunto da economia e a incipiente recuperação, o setor voltou a ganhar força como a atividade mais dinâmica de um país que conseguiu ficar à frente da China como o terceiro destino mais visitado do mundo graças, sobretudo, ao atrativo das praias e do clima. O primeiro posto segue em poder da França (83 milhões), e os Estados Unidos (67 milhões) são o segundo destino.

O Ministério da Indústria espanhol informou de que a chegada de turistas internacionais cresceu em 2013 acima do avanço registrado pelo setor em nível mundial, que foi de 5%. Isso foi possível porque ao longo do ano houve seis máximas mensais consecutivas, de maio a outubro.

Além disso, não só houve melhoria no número de turistas, como também estes gastaram mais dinheiro. Até novembro, o balanço é de 55,896 bilhões de euros, quase nove pontos percentuais acima de todo o ano de 2012.

Os principais mercados aumentaram a emissão de turistas para a Espanha depois de sofrerem por conta da crise econômica. À frente manteve-se o Reino Unido, que voltou a ser o primeiro emissor, com 23,6% do total, número sob crescimento de 5,2%; a Alemanha, com 16,2%, em meio a avanço de 5,8%; a França, com 15,7% do total, registrou uma alta de 6,9%; e os Países Nórdicos, que já representam 8% do total, aumentaram 16,9%.

Menção especial merece o comportamento do mercado russo, que embora continue representando uma parte pequena do bolo, é o coletivo que mais cresce. E com diferença. A chegada de turistas da Rússia aumentou 31,6% ao longo de 2013, para 1,6 milhão de pessoas.

Em função de como são organizadas as viagens dos turistas que vêm à Espanha, a estatística da Indústria constata que cresce cada vez mais o número daqueles que viajam sem um pacote turístico.

Regiões

Canárias, Baleares, Comunidade Valenciana, Catalunha e País Basco alcançaram suas máximas históricas nas chegadas de turistas internacionais em 2013. Catalunha liderou o ranking com alta de 8% e captou a maior porcentagem de visitantes estrangeiros com a chegada de 15,5 milhões, 25,8% do total. O maior aumento foi registrado pela Comunidade Valenciana, com 11,4%, para 5,9 milhões de turistas, representando 18,3% do total de chegadas.

Do lado oposto, o número de turistas na Comunidade de Madri caiu 5,3%, para 4,2 milhões, ou 7% do total.