Sobre Planeta Futuro

Um portal sobre desenvolvimento sustentável do EL PAÍS, em colaboração com a Fundação Bill e Melinda Gates

O que é Planeta Futuro?

Planeta Futuro é uma seção do EL PAÍS dedicada ao desenvolvimento sustentável, que assume como eixo os Objetivos do Milênio (OM) estabelecidos pelos países das Nações Unidas em 1990, mas que abordará também outros aspectos do desenvolvimento humano, como os efeitos da globalização, os grandes desafios em matéria de alimentação, saúde, emprego e educação, a inovação como motor para o desenvolvimento e a mudança climática. Os conteúdos serão gerados por dezenas de jornalistas e colaboradores do EL PAÍS espalhados por todo o mundo, assim como por especialistas de numerosas organizações que oferecerão análises destinadas a enriquecer o debate público em torno de temas que consideramos cruciais para a cidadania.

Em que consiste o acordo com a Fundação Bill e Melinda Gates?

O Planeta Futuro nasce com financiamento parcial da Fundação Bill e Melinda Gates, embora se alimente também de outras receitas e de acordos com outras entidades públicas e privadas. O projeto nasce do objetivo compartilhado de reforçar a oferta de conteúdos informativos relevantes e rigorosos sobre temas como a luta contra a pobreza, a mortalidade infantil e materna e enfermidades como a Aids e a malária; assim como promover o debate público em torno desses e outros assuntos relacionados ao desenvolvimento, a justiça social e a sustentabilidade do planeta.

As receitas obtidas mediante esse acordo serão destinadas a financiar a produção de conteúdos e outras iniciativas promovidas pelo Projeto Planeta Futuro. A Fundação Bill e Melinda Gates não incidirá, de maneira direta ou indireta, no estabelecimento da pauta informativa do Planeta Futuro, nem exercerá nenhum tipo de supervisão prévia ou posterior sobre tais conteúdos. O único compromisso entre ambos os sócios é impulsionar o objetivo comum de promover o conhecimento e o debate público sobre os temas.

Trata-se do primeiro acordo desse tipo?

A Fundação Bill e Melinda Gates já conta com acordos similares com outros meios internacionais, como o britânico The Guardian e a rede norte-americana NBC. O EL PAÍS também colabora há anos com diversas fundações para garantir o sustento de seções e coberturas que considera prioritárias, mantendo sempre critérios de estrita independência editorial.