Seleccione Edição
Entra no EL PAÍS
Login Não está cadastrado? Crie sua conta Assine

Virada histórica do Barça inspira movimento pela independência da Catalunha

Presidente catalão relaciona a épica "remontada" do time blaugrana aos planos de separação da Espanha

Torcedores culés festejam virada do Barça.
Torcedores culés festejam virada do Barça.

O presidente da Catalunha, Carles Puigdemont, comparou a histórica "remontada" do Barcelona diante do Paris Saint-Germain, pelas oitavas de final da Liga dos Campeões, com o futuro político da comunidade autônoma na Espanha:

"Nada é impossível. O Barça acaba de demonstrar isso jogando futebol. A Catalunha também demonstrará decidindo seu futuro", escreveu Puigdemont em seu perfil no Twitter ao fim da partida.

Presente no Camp Nou na goleada de 6 x 1 sobre o PSG, Puigdemont dividiu a tribuna com a presidenta do Parlamento catalão, Carme Forcadell, e as prefeitas de Barcelona e Paris, Ada Colau e Anne Hidalgo, respectivamente. O vice-presidente catalão Oriol Junqueras também se pronunciou: "Quem persevera no esforço faz com que tudo seja possível".

Desde 2012, o movimento pela independência da Catalunha pressiona o governo de Madri para a realização do referendo em que os catalães decidiriam entre a permanência na Espanha ou a formação de um estado independente. Puigdemont já afirmou que pretende realizar a consulta popular até setembro deste ano.

MAIS INFORMAÇÕES