O Twitter adere ao ‘stories’

Rede social segue o exemplo do Facebook, Whatsapp, Instagram e Linkedin e passa a oferecer conteúdo efêmero

Por que a China rouba dados privados de dezenas de milhões de norte-americanos

A principal hipótese é um misterioso modo ‘online’ de captar espiões, que requer envio em massa de ‘emails’ ou de milhares de pedidos pelo LinkedIn

“Chamo-me Hitler e não posso usar meu nome nas redes”

Um jornalista panamenho cujo nome coincide com o do líder nazista denuncia os problemas que sofre na Internet. Seu caso mostra a dificuldade de moderar o conteúdo 'online'

Google amplia função de busca de emprego no Brasil

Ferramenta mescla a geolocalização com as ofertas de trabalho

Allen Blue: “O mais importante para contratar alguém já não é o título”

O cofundador da rede profissional Linkedin acha que a chave está em demonstrar o que se sabe fazer com experiências reais

Dropbox admite que 60 milhões de contas foram hackeadas: como saber se a sua está entre elas

O roubo de dados de um funcionário da empresa em 2012 possibilitou a ‘invasão’ maciça do serviço

Microsoft compra LinkedIn por 26,2 bilhões de dólares

A empresa de tecnologia faz uma oferta em dinheiro pela plataforma de contatos profissionais

LinkedIn invalida as senhas de 100 milhões de usuários

A rede social profissional descobre que o roubo de informações sofrido em 2012 é mais grave do que se pensou inicialmente

Deixe que a Internet procure emprego para você

Se ainda não encontrou o cargo que está buscando das formas tradicionais, celebre o Dia do Trabalho ‘posicionando-se’ na rede

Estou usando bem o Linkedin?

Muitos recrutadores buscam candidatos na Internet. Mau uso da rede pode deixá-lo fora da seleção

Os gigantes da Internet se unem em defesa da neutralidade na rede

Google, Facebook, LinkedIn, Amazon, Microsoft e Yahoo pedem velocidade igual para todos os conteúdos A agência reguladora dos EUA propõe que empresas paguem para ter mais rapidez

Gigantes da tecnologia pedem a regulação da espionagem digital

Um grupo de pressão que inclui a Microsoft, Apple e Google solicita uma vigilância "proporcional, transparente e legal"