Seleccione Edição
Entra no EL PAÍS
Login Não está cadastrado? Crie sua conta Assine

Google amplia função de busca de emprego no Brasil

Ferramenta mescla a geolocalização com as ofertas de trabalho

Google empregos
Função do Google Emprego no celular.

A função do Google para procurar emprego chega a vários países da América Latina. A empresa pôs em marcha há seis meses nos Estados Unidos o serviço que permite ao usuário ter acesso a ofertas de emprego conforme sua localização e seus interesses. Embora em princípio não estivesse previsto que o serviço saísse dos Estados Unidos, o Google está trabalhando com diversas organizações na região para ampliar a difusão das ofertas de emprego.

A partir de agora, está disponível no Brasil, Argentina, Chile, Colômbia e México essa função com a qual o Google busca “conectar pessoas com oportunidades de trabalho”, explica Nick Zakrasek, gerente de produto da empresa, em um comunicado. Assim, quando os usuários em algum desses países escreverem na busca do Google “trabalhos perto de mim”, a página mostrará ofertas detalhadas de emprego perto de sua localização.

A função, que estará disponível para computadores, smartphones e outros dispositivos móveis nesses países, permite criar alertas conforme os interesses, regressar ao ponto em que a busca foi interrompida e delimitar a área em que se quer trabalhar.

De acordo com a empresa, desde que esse serviço foi apresentado nos Estados Unidos em julho foi constatado um aumento de 60% no número de empregadores que mostram ofertas de trabalho na busca.

Se a distância é uma prioridade, o usuário tem de indicar sua localização e selecionar uma faixa que vai de 3 a 300 quilômetros. Se o deslocamento não for um problema, pode marcar “qualquer lugar”. Também poderá filtrar as opções por horário ou salário. Se o usuário tiver vinculado ao buscador o aplicativo de mapas do Google, poderá saber quanto tempo levaria para chegar ao novo trabalho.

Quanto ao empregador, as publicações podem incluir o logotipo da empresa que oferece a vaga e detalhes do trabalho, bem como opiniões e qualificações de sites de confiança.

O Google informou que está trabalhando com várias organizações, como LinkedIn, Love Mondays e Clarín (Argentina), Trabajos (Chile), El Empleo (Colômbia) e Talenteca (México), entre outras, para aumentar o fluxo de informações de empregos.

MAIS INFORMAÇÕES