18 ex-jogadores da NBA são acusados ​​de fraudar 3,4 milhões de dólares do seguro saúde da Liga

Tony Allen e Glen Davis, campeões com o Celtics em 2008, estão entre os indiciados por apresentarem notas fiscais falsas

Tony Allen, quando jogava pelo Memphis Grizzlies, disputa pela bola com Cory Joseph e Matt Boner, do Spurs.
Tony Allen, quando jogava pelo Memphis Grizzlies, disputa pela bola com Cory Joseph e Matt Boner, do Spurs.Kevin C. Cox

Os promotores dos Estados Unidos entraram com uma queixa formal em Nova York contra 18 ex-jogadores da NBA. Os acusam de fraudar o seguro de saúde da Liga. O Ministério Público sustenta que os ex-jogadores participaram de um esquema generalizado, mediante a apresentação de faturas falsas para obter o reembolso de despesas odontológicas e outros serviços médicos que não foram realizados. Dezesseis dos acusados permaneceram sob custódia nesta quinta-feira.

O esquema fraudulento foi realizado de 2017 a 2020 e foram reclamadas faturas falsas no valor de 3,9 milhões de dólares —21 milhões de reais, no câmbio atual. Desse montante, os implicados receberam cerca de 2,5 milhões de dólares —13,7 milhões de reais.

Entre os réus está Tony Allen, de 39 anos, que encerrou a carreira como jogador profissional em 2018. Foi campeão da NBA pelo Celtics em 2008, na final em que o time de Boston derrotou o Los Angeles Lakers. Ambas as equipes jogaram a final novamente em 2010 e, então, os Lakers de Kobe Bryant e Pau Gasol prevaleceram. Essa foi a última temporada de Allen com o Celtics, porque ele embarcou em uma nova temporada longa com o Memphis Grizzlies.

As carreiras profissionais dos restantes jogadores acusados foram mais discretas. Entre eles está Glen Davis, um pivô que também venceu a final de 2008 com o Celtics e encerrou sua carreira na NBA com o Clippers em 2015, quando tinha 29 anos.

Outro ex-jogador acusado é Sebastian Telfair, que brilhou mais nos anos de faculdade do que na NBA, onde concluiu sua carreira em 2015 no Oklahoma City Thunder após ter competido em oito times. Dois outros réus ganharam o título da NBA, Shannon Brown, com o Lakers, em 2008 e 2009, embora sua participação tenha sido discreta, assim como Melvin Ely, com o San Antonio Spurs, com quem ganhou o campeonato em 2007. Também são réus Tony Wroten, Ruben Patterson e Alan Anderson.

Inscreva-se aqui para receber a newsletter diária do EL PAÍS Brasil: reportagens, análises, entrevistas exclusivas e as principais informações do dia no seu e-mail, de segunda a sexta. Inscreva-se também para receber nossa newsletter semanal aos sábados, com os destaques da cobertura na semana.

Mais informações

Arquivado Em

Recomendaciones EL PAÍS
Recomendaciones EL PAÍS
Logo elpais

Você não pode ler mais textos gratuitos este mês.

Assine para continuar lendo

Aproveite o acesso ilimitado com a sua assinatura

ASSINAR

Já sou assinante

Se quiser acompanhar todas as notícias sem limite, assine o EL PAÍS por 30 dias por 1 US$
Assine agora
Siga-nos em: