Forever 21 está à beira da falência

Reestruturação da companhia poderia levar ao fechamento de dezenas de lojas, principalmente nos shoppings

Uma loja de Forever 21, em Londres.
Uma loja de Forever 21, em Londres.

Mais informações

A rede de lojas de roupa Forever 21 está se preparando para um possível pedido de falência. A companhia mantém conversas para obter financiamento adicional e trabalha com uma equipe de assessores para ajudar a reestruturar sua dívida. As negociações com possíveis financiadores, porém, estão paradas, afirmam fontes familiarizadas do caso, segundo a agência de notícias Bloomberg.

A única alternativa neste momento da empresa norte-americana do setor têxtil seria declarar a falência legalmente, embora ainda não seja descartado um acordo de última hora. Representantes da Forever 21 preferiram não dar declarações.

O pedido de falência ajudaria a empresa a se livrar de lojas não rentáveis e a recapitalizar os negócios. No entanto, isso pode ser problemático para os proprietários dos principais shopping centers dos Estados Unidos, uma vez que a Forever 21 é um de seus principais inquilinos. Em uma cenário em que várias lojas têm deixado os centros comerciais, se a rede fechar um número significativo de lojas, os shopping teriam problemas para preencher as vagas.

Fundada em 1984, a Forever 21 opera mais de 800 lojas nos EUA, Europa, Ásia e América Latina —inclusive no Brasil, onde tem lojas desde 2014. Em 2017, seu faturamento foi de cerca de 3,4 bilhões de dólares (cerca de 14,15 bilhões de reais) e emprega mais de 30.000 trabalhadores, de acordo com os dados mais recentes coletados pela revista Forbes.