Seleccione Edição
Login

Schwarzenegger e seu filho secreto: o final feliz de um grande escândalo

Em 2011, o casal mais perfeito de Hollywood saltou pelos ares após a descoberta de que o ator teve um filho fora do casamento. Oito anos depois, o drama se transformou em uma afetuosa relação familiar

Joseph Baena
Joseph Baena e seu pai, Arnold Schwarzenegger, se abraçam durante a formatura do primeiro. A imagem foi publicada pelo ator no Instagram acompanhada de uma mensagem de amor a seu filho. Instagram

4 de janeiro de 2011. Maria Shriver, jornalista norte-americana, sobrinha de John F. Kennedy e que havia conhecido Arnold Schwarzenegger em 1977 e se casado com ele em 1986, vai com seu marido a uma terapeuta de casais e lhe pergunta diretamente se o filho da empregada que trabalha para eles é seu. O ator, grande estrela de ação nos anos oitenta e noventa e governador número 38 da Califórnia entre 2003 e 2011, não podia mais negar. E admite. Terminam ali 25 anos de casamento.

Só Mildred Baena e sua mãe souberam durante anos quem era o verdadeiro pai de Joseph. Em 2010 decidiram dizer ao jovem (à época com 12 anos). A resposta do garoto foi: "Que legal!"

Os rumores e sussurros eram comuns na casa desde que Joseph Baena, filho de Mildred Baena, empregada doméstica de origem guatemalteca, nasceu em 1997. Mildred trabalhava desde 1991 com os Schwarzenegger em sua mansão da exclusiva área de Pacific Palisades, na Califórnia. A aventura de Arnold (Thal, Áustria, 1947) e Mildred (Guatemala, 1961) ocorreu, como a própria estrela contaria em suas memórias, em 1996, quando estava filmando Batman & Robin. Em uma reviravolta digna de um melodrama de tevê, Baena engravidou de Arnold ao mesmo tempo em que sua esposa Maria Shriver. Christopher (filho de Maria) nasceu uma semana depois de Joseph (filho de Mildred). O pai é o mesmo: Arnold. Outra reviravolta? Baena estava casada e, na certidão de nascimento, colocou seu marido há 10 anos (Rogelio de Jesús) como o pai de Joseph. Outra reviravolta: somente 21 dias depois do nascimento de Joseph, Mildred pediu o divórcio a Rogelio.

Só Mildred Baena e sua mãe souberam durante anos que a superestrela dos filmes de ação era o pai de Joseph. Em 2010, a semelhança entre Joseph e Arnold já era evidente e avó e mãe decidiram dizer ao jovem (à época com 12 anos) que Schwarzenegger era seu verdadeiro pai. Como Baena disse depois em uma entrevista exclusiva à revista Hello! no Reino Unido, a resposta do garoto foi: “Que legal!”.

Em dois de outubro de 2018 o filho de Arnold Schwarzenegger completou 21 anos e seu pai o parabenizou dessa forma em sua conta do Instagram. "É fantástico ver como você fortalece seus músculos e sua mente".

Os rumores e sussurros fizeram com que naquele 4 de janeiro, um dia depois de deixar o gabinete do governador de Hollywood, Maria Shriver (que, como boa Kennedy, postergou seu drama pessoal a favor da boa imagem política de seu marido) o enfrentasse. E o resto é o escândalo midiático que já conhecemos e que surgiu depois.

Essa história teve inúmeras camadas, mas uma delas foi a social. “Por que Arnold Schwarzenegger teve relações com uma mulher tão pouco atrativa?”, foi a cruel manchete de um artigo no site de sociedade Hollywood Life. E era um de tantos. Baena é pequena e não tem a beleza canônica de Hollywood. E Arnold tinha uma esposa esbelta, magra e de porte quase aristocrático. O humorista George López imitou Mildred na televisão com uma peruca, grandes seios falsos e a representando como uma mulher interesseira que mal falava inglês. O caso lembrava o de Hugh Grant, que tinha uma relação com uma das mulheres mais desejadas do mundo (Elizabeth Hurley) quando foi surpreendido em 1995 com uma prostituta de rua em um carro. O debate era interessante por colocar em julgamento nosso entendimento do desejo sexual: às vezes vai por um caminho inesperado e muito mais interessante. A imprensa se apressou em fazer elucubrações sobre por que Arnold, que certamente poderia conquistar uma mulher mais sexy de acordo com o gosto do grande público, escolheu Mildred. Quase ninguém considerou que, talvez, simplesmente se sentiu atraído por ela.

O divórcio de Maria e Arnold só foi anunciado meses depois, em 9 de maio. Era o fim de um dos casais mais sólidos e queridos de Hollywood após 25 anos. Em 16 de maio de 2011 o Los Angeles Times publicou a bomba: o motivo era um filho secreto de Arnold. Logo depois Mildred deu uma exclusiva à revista Hello! posando com seu filho, um movimento que lhe rendeu inúmeras críticas.

Essa capa do jornal Daily News mostrava as duas mulheres na vida de Arnold com uma machete que fazia um jogo de palavras em inglês com a palavra duas (em relação às mulheres) e “demais”.
Essa capa do jornal Daily News mostrava as duas mulheres na vida de Arnold com uma machete que fazia um jogo de palavras em inglês com a palavra duas (em relação às mulheres) e “demais”.

Se era por dinheiro (já que, logicamente, Baena abandonou seu trabalho após a notícia tornar-se pública) é possível que não fosse preciso: Schwarzenegger se encarregou da manutenção do jovem após saber, aos sete ou oito anos de Joseph, que ele era o pai. Algo, como conta ele, que percebeu gradualmente ao ver como eram parecidos e fazer as contas. De acordo com a CBS em 2010 Arnold comprou uma casa com quatro quartos em Bakersfield (Califórnia) para Baena e seu filho.

Em uma reviravolta digna de um melodrama de tevê, Baena engravidou de Arnold ao mesmo tempo que sua esposa Maria Shriver. Christopher (filho de Maria) nasceu uma semana depois de Joseph (filho de Mildred)

Ainda que Arnold tenha tentado manter esse assunto em segredo para não entrar em conflito com os Kennedy, família direta de sua hoje ex-esposa, após o conhecimento do escândalo decidiu dar um final muito hollywoodiano a essa história. Com o passar dos anos, é comum ver pai e filho passearem juntos por Los Angeles e ambos se orgulham um do outro no Instagram.

Arnold publicou a primeira foto com ele em 2016, no dia de seu aniversário de 19 anos, e desde então publica todos os anos uma foto com seu filho em seu aniversário acompanhada de um texto carinhoso. Também o fez nesse final de semana para comemorar sua formatura.

Ver esta publicação em Instagram

Happy birthday, Joseph. Great student, great athlete. I'm proud of you and I love you!

Uma publicação partilhada de Arnold Schwarzenegger (@schwarzenegger) o

Em outubro de 2016, quando Joseph completou 19 anos, Schwarzenegger o colocou pela primeira vez em seu Instagram. "Grande estudante e grande atleta. Estou orgulhoso de você e te amo".

Curiosamente, é esse filho (Arnold tem outros dois filhos homens e duas mulheres que optaram pelo cinema, moda e literatura) que seguiu mais de perto os passos de seu pai no mundo do fisiculturismo e do esporte. Em sua própria conta do Instagram exibe com orgulho fotos e vídeos de seus treinamentos, assim como imagens de uma vida que parece abastada e viaja pelo mundo todo (publicou imagens no Camp Nou vestindo a camiseta do Barcelona).

Baena, que usa o sobrenome de sua mãe em vez de Schwarzenegger, nunca publicou uma foto com nenhum de seus irmãos, o que faz pensar que ainda que a relação com seu pai possa ter se resolvido com o tempo, não tem relação com os filhos de Arnold e Maria Shriver. Uma busca no Google mostra uma curiosa sinergia nessa relação: apesar de Joseph seguir seus irmãos Patrick Schwarzenegger (ator, modelo e influenciador digital) e Katherine Schwarzenegger (escritora e noiva do ator Chris Pratt) no Instagram, nenhum dos dois o segue.

Sua mãe, Mildred Baena, leva uma vida afastada da imprensa desde que o escândalo veio à tona e deu sua única entrevista em 2011, mas reapareceu na formatura de seu filho (em administração de empresas) no último final de semana. Mas não há fotos dela com Arnold. Apesar da boa relação que existe após todos esses anos entre pai e filho, parece que os Schwarzenegger-Shriver e os Baena existem em duas realidades diferentes. Entre eles se levanta esse muro intransponível que separa os que posam para a foto na glamourosa Hollywood e os que devem permanecer nas sombras. Joseph, à sua maneira, o derrubou.

MAIS INFORMAÇÕES