Jacinda Ardern

Uma primeira-ministra de licença-maternidade

Jacinda Ardern tem previsto estar seis semanas de permissão maternal

Jacinda Ardern e seu casal, Clarke Gayford, durante a coletiva de imprensa muito próximo de sua casa em Auckland.
Jacinda Ardern e seu casal, Clarke Gayford, durante a coletiva de imprensa muito próximo de sua casa em Auckland.DIEGO OPATOWSKI / AFP

A primeira-ministra de Nova Zelândia, Jacinda Ardern, e seu casal, o jornalista Clarke Gayford, foram pais nesta quinta-feira de uma criança que pesou 3,3 kilogramos, segundo informou o casal através das redes sociais. Ardern é a segunda dirigente que dá a luz enquanto se encontra no cargo. A primeira foi a paquistanesa Benazir Bhutto, que alumbró a seu segundo filho em 1990 durante um de seus mandatos.

"Estamos felizes de anunciar que nossa niñita chegou. Todos sãos e felizes. 7,3 libras. 4.45 P.M. Graças a todos os envolvidos", compartilhou Gayford através de Twitter. Ardem publicou também em Facebook uma mensagem similar no que se mostrou "afortunada" por ter uma criança sã, agradeceu as felicitaciones e o trabalho da "maravilhosa equipe" do Auckland City Hospital.

Quando fez público sua gravidez, Ardern já detalhou que sua viceprimer ministro, Winston Peters, exerceria de primeiro-ministro em funções durante as seis semanas de permissão maternal que tomará depois do nascimento de seu bebê, a permissão parental em Nova Zelândia se estende até as 18 semanas. "Ao final de minha permissão maternal, retomarei todas as funções e deveres do primeiro-ministro", explicou, para acrescentar que durante sua baixa estaria "em contato e disponível". Segundo contou então, seu casal se encarregaria do cuidado do bebê.

Ardem, que foi eleita em outubro é a ministra mais jovem do país desde 1856. Ao anunciar sua maternidade caçoou assegurando que não era "a primeira mulher em fazer várias coisas ao mesmo tempo".

O mais visto em ...

Top 50