FIFA confirma que Espanha estará na Copa

Ingerência do Governo na federação de futebol ameaçava tirar o país das competições Governo espanhol defendeu na entidade internacional que suas ações são decorrentes da Operação Soule

A secretária-geral da FIFA, Fatma Moura, com o ministro da Educação, Cultura e Esportes, Íñigo Méndez de Vigo.
A secretária-geral da FIFA, Fatma Moura, com o ministro da Educação, Cultura e Esportes, Íñigo Méndez de Vigo.CSD
Mais informações

A Espanha estará na Copa do Mundo da Rússia 2018. Os argumentos do Governo espanhol, representado pelo ministro Íñigo Méndez de Vigo e o presidente do Conselho Superior de Esportes (CSD, em espanhol), José Ramón Lete, de que não houve ingerência no processo eleitoral da Federação Espanhola de Futebol convenceram a secretária-geral da FIFA, Famat Moura. Na reunião realizada em Madri na manhã desta segunda-feira foi abordada a ameaça de exclusão de todas as competições internacionais que recaía sobre o futebol espanhol depois da carta que Juan Luis Larrea, presidente interino da FEF, enviou ao órgão internacional.

A posição do Governo foi a de defender todas as suas decisões (suspensão de Ángel María Villar e tentativa de repetição das eleições) amparado nas ações da Justiça em razão da Operação Soule. O tom do encontro, ao qual também compareceram Larrea e a secretária-geral da federação, Esther Gascón, foi cordial. Um confronto não interessava nem à FIFA nem ao Governo nem à Federação.

Com a confirmação da presença da Espanha, o futuro da Federação passa pela convocação de eleições, já que Villar foi destituído em 22 de dezembro. A dúvida está em saber se o Conselho de Estado ordenará a repetição de todo o processo eleitoral para formar uma nova assembleia que eleja o presidente ou se manterá a atual, na qual sete presidentes de territoriais estão imputados na Operação Soule. Como o CSD ainda não os suspendeu, poderiam votar na próxima eleição.

Mais informações

Arquivado Em

Recomendaciones EL PAÍS
Logo elpais

Você não pode ler mais textos gratuitos este mês.

Assine para continuar lendo

Aproveite o acesso ilimitado com a sua assinatura

ASSINAR

Já sou assinante

Se quiser acompanhar todas as notícias sem limite, assine o EL PAÍS por 30 dias por 1 US$
Assine agora
Siga-nos em: