O novo iPhone

iPhone X: como será o novo ‘smartphone’ que a Apple lança na terça-feira

Novos vazamentos revelam o nome e algumas características dos novos telefones da marca

O novo iPhone 8 não terá botões analógicos no frontal da tela.
O novo iPhone 8 não terá botões analógicos no frontal da tela.

MAIS INFORMAÇÕES

No encontro do próximo dia 12 de setembro nada será como antes. Nem a Apple vai alugar um dos grandes auditórios que costuma empregar para seus keynotes, nem se tratará de uma simples atualização do iPhone. Tudo é especial neste ano: a empresa comemora o décimo aniversário da chegada de um celular que mudou para sempre o mundo da telefonia e, em uma homenagem póstuma, realizará a solenidade na megassede idealizada pelo próprio Steve Jobs naquele que foi seu último projeto antes de falecer. Pelo blogueiro Evan Blass, conhecido por fazer revelações sobre os principais celulares do mercado através do perfil @evleaks no Twitter, soubemos que, neste ano, o fabricante apresentará não um, mas dois iPhones.

Segundo Blass, um dos modelos apresentados na próxima semana encarnará a grande mudança que o mercado anseia. Ao que tudo indica, a Apple anunciará o iPhone 8, evolução natural do 7 e seguindo os padrões de atualização aos quais a marca nos acostumou (melhorias incrementais no hardware), mas o prato principal será o segundo modelo, esse sim realmente transgressor. Há muitos rumores quanto à denominação desse segundo modelo, o redator da VentureBeat afirma que o nome escolhido é iPhone X Edition, x precisamente em alusão ao décimo aniversário.

Provavelmente será esse segundo aparelho que saciará as expectativas de um mercado um tanto farto das melhorias incrementais e que exigia mudanças mais transgressoras, especialmente em vista da força com a qual a Samsung, seu eterno rival, vem pisando no acelerador com o Galaxy S8 e o recém-chegado Note 8. Do iPhone X se espera uma grande tela OLED de 5,8 polegadas em um chassi completamente envidraçado e sem moldura; o modelo deixaria para trás seu eficaz sistema de desbloqueio mediante rastro digital (TouchID) e agora apostaria em um sofisticado sistema de reconhecimento facial que funcionaria mesmo no escuro. O equipamento viria com uma das funções mais pedidas pelos usuários – a recarga sem fio – e acabaria com o botão home na parte inferior para dedicar esse espaço ao que poderia ser uma área de botões táteis contextuais que mudariam em função da aplicação executada.

Mas as novidades não param por aí. O fabricante lança na terça-feira o projeto póstumo de Steve Jobs: a nova sede da empresa. Conhecida como spaceship (espaçonave) por causa de sua forma inconfundível, a sede futurista seria praticamente um novo gadget para os fãs da marca e incluiria desde salas secretas, como nos melhores filmes de Indiana Jones, até elevadores giratórios nos quais se viajaria pelo interior do complexo. O lançamento, recordamos, será no dia 12 de setembro.

Arquivado Em: