NBA

Golden State Warriors fazem história e conquistam o quinto título da NBA

Kevin Durant e Stephen Curry derrotam o Cleveland e dão ao Warriors título que marca uma época

Thompson, Curry e Durant, com o troféu de melhor contribuição ao jogo.
Thompson, Curry e Durant, com o troféu de melhor contribuição ao jogo.Marcio Jose Sanchez (AP)

Kevin Durant e Stephen Curry deram ao Golden State Warriors seu segundo título de campeões da NBA nos três últimos anos, o quinto de sua história. Foi o auge de uma série de ‘playoffs’ dos sonhos. Venceram o Cleveland Cavaliers na quinta partida (129-120) e encerraram a final em 4-1.

Kevin Durant, escolhido como most valuable player (MVP, jogador mais valioso), jogou uma final excepcional, com 39 pontos, 7 rebotes e 5 assistências. Curry foi igualmente imenso, com 34 pontos, 6 rebotes e 10 assistências. Iguodala, que saiu do banco, foi fundamental, cravando 20 pontos e deixando a Durant a dura tarefa de marcar LeBron. Draymond Green, por sua vez, demonstrou como quase sempre sua garra e versatilidade, com 10 pontos, 12 rebotes e 5 assistências.

GOLDEN STATE, 129; CLEVELAND 120 (4-1)

Golden State: Curry (34), Klay Thompson (11), Durant (39), Draymond Green (10), Pachulia (0) –time inicial; West (4), Barnes (0), Iguodala (20), McCaw (6) e Livingston (5).

Cleveland: Irving (26), JR Smith (25), LeBron James (41), Love (6), Tristan Thompson (15) –time inicial; Jefferson (4), Deron Williams (0), Shumpert (0) e Korver (3).

Parciais: 33-37, 28-23, 27-33 e 31-27.

Oracle Arena de Oakland. 19.596 espectadores.

Os Warriors, que notaram o momento fraco de Klay Thompson, tiveram de chegar à excelência para dobrar a resistência férrea dos Cavaliers, única equipe que conseguiu vencê-los em uma das 17 partidas com as quais garantiram em velocidade supersônica as eliminatórias pelo título. Arrasaram em Portland, Utah, San Antonio e encerraram com um contundente 4-1 diante do Cleveland. Nenhuma equipe tinha fulminado todos seus rivais de maneira semelhante.

Mas para esses Warriors não há rival que resista. Levaram o título em 2015, também diante do Cleveland. Fizeram história na temporada passada ao somar 73 vitórias e quebrar o recorde dos lendários Bulls de Michael Jordan em 1996. Os Cavaliers, porém, os surpreenderam na final de 2016 e lhes arrebataram o título depois de garantir um 3-1. As duas equipes repetiam este ano a final pela terceira vez consecutiva, algo que nunca tinha acontecido na NBA, e os Warriors aventaram na ocasião a possibilidade de os Cavaliers repetirem o 3-0 quando a série começou.

MAIS INFORMAÇÕES

Mas por fim os Warriors corrigiram o tremendo erro que cometeram na temporada anterior e não permitiram que os Cavaliers voltassem a dinamitar a Oracle Arena. A decisão de Kevin Durant de abandonar Oklahoma City para unir-se aos Warriors há um ano se revelou uma das chaves da tremenda força e da superioridade exibidas pela equipe. Durant, aos 28 anos, consegue seu primeiro anel de campeão e se consagra também como MVP da final depois de uma série contra Cleveland no qual fez em média 35 pontos. Chegou em plena forma, apesar dos temores de que não pudesse disputá-la quando se lesionou em 28 de fevereiro em Washington. Mas no fim a lesão não foi tão grave como se imaginava e ele voltou em 8 de abril, a três dias do final da temporada regular.

Os Warriors, que só perderam uma das 17 partidas dos ‘playoffs’, tinham vencido também 15 das últimas 16 que disputaram na fase regular, na qual foram os melhores com 67 vitórias e 15 derrotas.

A partida chegou, como se presumia, ao ápice da tensão. O Cleveland se aferrou a ela até o último quarto, mas sempre ficaram a reboque e chegaram a ceder 17 pontos no terceiro quarto (69-52), devido às faltas e à fraca atuação de Kevin Love, que marcou 6 pontos, e de todos os jogadores do banco.

Mas JR Smith, que acabou com fantásticos 7 de 8 arremessos de três pontos, e um total de 25 pontos, equiparou-se a LeBron James e Kyrie Irving e não deu trégua aos Warriors. Chegaram a ficar com três pontos (98-95) de diferença. LeBron James esteve, mais uma vez, supremo, com 41 pontos, 13 rebotes e 8 assistências. Pouco ou nada se pode reclamar de um jogador que perdeu sua quinta final das oito que disputou. Kyrie Irving também o acompanhou na batalha com 26 pontos e Tristan Thompson fez 15 pontos e 8 rebotes. Mas os quatro jogadores que saíram do banco somaram apenas 7 pontos.

Os últimos campeões

Ano Final MVP da final

2017 Golden State-Cleveland (4-1) Kevin Durant

2016 Golden State-Cleveland (3-4) LeBron James

2015 Golden State-Cleveland (4-2) Andre Iguodala

2014 San Antonio-Miami (4-1) Kawhi Leonard

2013 Miami-San Antonio (4-3) LeBron James

2012 Miami-Oklahoma (4-1) LeBron James

2011 Dallas-Miami (4-2) Dirk Nowitzki

2010 Lakers-Celtics (4-3) Kobe Bryant

2009 Lakers-Orlando (4-1) Kobe Bryant

2008 Celtics-Lakers (4-2) Paul Pierce

2007 San Antonio-Cleveland (4-0) Tony Parker

2006 Miami-Dallas (4-2) Dwyane Wade

2005 San Antonio-Detroit (4-3) Tim Duncan

2004 Detroit-Lakers (4-1) Chauncey Billups

2003 San Antonio-New Jersey (4-2) Tim Duncan

2002 Lakers-New Jersey (4-0) Shaquille O'Neal

2001 Lakers-Philadelphia (4-1) Shaquille O'Neal

2000 Lakers-Indiana (4-2) Shaquille O'Neal

1999 San Antonio-Nueva York (4-1) Tim Duncan

EQUIPES COM MAIS TÍTULOS

17 Boston Celtics

16 Los Angeles Lakers

6 Chicago Bulls

5 Golden State Warriors

5 San Antonio Spurs

3 Miami Heat

3 Detroit Pistons

3 Philadelphia Sixers

Arquivado Em: