Seleccione Edição
Entra no EL PAÍS
Login Não está cadastrado? Crie sua conta Assine

Seleção da Arábia Saudita ignora minuto de silêncio pelas vítimas de Londres

Jogadores dispensam gesto de luto antes de jogo contra Austrália porque “não pertence à sua cultura”

Minuto de silêncio na partida entre Austrália e Arábia Saudita

Os jogadores da seleção da Arábia Saudita não respeitaram o minuto de silêncio antes da partida contra a Austrália pela fase de classificação para a Copa do Mundo da Rússia, disputada nesta quinta-feira em Adelaide, como sinal de luto pelas vítimas do atentado de Londres. Enquanto os atletas australianos permaneciam alinhados no meio-campo, os sauditas desprezaram o gesto de respeito e começaram a ocupar suas posições no gramado. Atletas que estavam no banco não ficaram de pé. A atitude deles provocou vaias do público.

Havia duas mulheres australianas entre as oito vítimas do ataque terrorista perpetrado no último fim de semana na London Bridge e nas imediações do Borough Market.

A Federação Australiana de Futebol explicou que havia entrado em acordo sobre o minuto de silêncio com a Confederação Asiática e os responsáveis pela equipe saudita. Entretanto, os porta-vozes da Federação Saudita informaram depois que não participariam da manifestação de luto por se tratar de um sinal de respeito aos mortos que não pertence à cultura saudita.

Jogadores sauditas não perfilaram durante o minuto de silêncio pelas vítimas de atentado em Londres.
Jogadores sauditas não perfilaram durante o minuto de silêncio pelas vítimas de atentado em Londres. Getty Images

MAIS INFORMAÇÕES