Sete feridos em Dusseldorf por ataque de homem armado com um machado

O agressor, de origem iugoslava e com problemas psicológicos, atuou sozinho

A polícia isola a estação central de Dusseldorf depois do ataque.
A polícia isola a estação central de Dusseldorf depois do ataque.Alexander Scheuber / Getty Images

A polícia alemã elevou na madrugada da sexta-feira para sete o número de feridos no ataque à estação de trem de Düsseldorf (oeste da Alemanha), perpetrado por um homem armado que nas últimas horas foi identificado como um rapaz de 36 anos, originário da antiga Iugoslávia e com problemas psicológicos.

Em um comunicado, a polícia informou  que o homem, que se encontra hospitalizado, residia em Wuppertal, cidade situada a 35 quilômetros de Düsseldorf. Dos sete feridos, três estão em estado grave e quatro, leve.

A estação foi reaberta ao público e o serviço ferroviário foi restabelecido, ao mesmo tempo em que a polícia deu por concluídos os registros e a busca de outros possíveis suspeitos ao constatar que o detento atuou sozinho. O agressor começou seu ataque supostamente em um das plataformas e depois agrediu com o machado outras pessoas já dentro da estação, aparentemente escolhidas a esmo. Em sua fuga do local, pulou de uma ponte e acabou ferido com gravidade. Ele foi levado a um centro hospitalar e se encontra internado, informa a agência Efe.

Pouco depois do ataque, diversos meios informaram da participação de várias pessoas e de ao menos duas detenções. Mas uma comunicação da polícia de Dusseldorf postada em sua página de Facebook pouco antes da meia-noite já falava de um único detento.

“Não estamos usando a palavra terrorismo”, disse uma porta-voz policial, que negou a existência de uma ameaça real de mais ataques.

Estação evacuada

A agressão teve local na estação de trens de Dusseldorf, a capital de Renania do Norte-Westfalia, o Estado mais povoado da Alemanha e que no próximo mês de maio celebrará eleições regionais. A estação de trens foi evacuada e seu recinto isolado. O tráfico de trens cessou.

A Alemanha sofreu um atentado islâmico no Natal passado em Berlim, no qual morreram 12 pessoas atropeladas por um caminhão que conduzia o tunisiano Anis Amri. Mas não se sabe se o ataque de Dusseldorf tem uma motivação terrorista ou qualquer outra.

Debido a las excepcionales circunstancias, EL PAÍS está ofreciendo gratuitamente todos sus contenidos digitales. La información relativa al coronavirus seguirá en abierto mientras persista la gravedad de la crisis.

Decenas de periodistas trabajan sin descanso para llevarte la cobertura más rigurosa y cumplir con su misión de servicio público. Si quieres apoyar nuestro periodismo puedes hacerlo aquí por 1 euro el primer mes (a partir de junio 10 euros). Suscríbete a los hechos.

Suscríbete
O mais visto em ...Top 50