Seleccione Edição
Login

O primeiro dia de desfile das escolas de samba do Rio, em imagens

Pelo sambódromo passarão cerca de 60.000 sambistas, 3.500 percussionistas e uns 70 carros alegóricos

  • Acidente com carro alegórico da escola de samba Paraíso do Tuiuti ofuscou o primeiro dia desfile das escolas de samba do Rio, mas não impediu que o espetáculo continuasse no Sambódromo.
    1Acidente com carro alegórico da escola de samba Paraíso do Tuiuti ofuscou o primeiro dia desfile das escolas de samba do Rio, mas não impediu que o espetáculo continuasse no Sambódromo. REUTERS
  • Cerca de 60.000 sambistas, 3.500 percussionistas e uns 70 carros alegóricos desfilarão para um público superior de 200.000 pessoas.
    2Cerca de 60.000 sambistas, 3.500 percussionistas e uns 70 carros alegóricos desfilarão para um público superior de 200.000 pessoas. REUTERS
  • Membros da escola de samba Beija-Flor desfilam no sambódromo.
    3Membros da escola de samba Beija-Flor desfilam no sambódromo. REUTERS
  • Integrantes da Paraíso do Tuiuti desfilam durante a primeira noite do carnaval do Rio de Janeiro.
    4Integrantes da Paraíso do Tuiuti desfilam durante a primeira noite do carnaval do Rio de Janeiro. AFP
  • 5 AP
  • O carnaval de Rio continua nesta segunda-feira com o desfile de outras seis escolas do Grupo Especial, a primeira divisão do carnaval de Rio. Na quarta-feira será anunciada a campeã de 2017.
    6O carnaval de Rio continua nesta segunda-feira com o desfile de outras seis escolas do Grupo Especial, a primeira divisão do carnaval de Rio. Na quarta-feira será anunciada a campeã de 2017. AP
  • Apresentação sobre a cultura brasileira da Paraíso de Tuiuti abriu neste domingo a primeira noite de desfiles das escolas de samba do Grupo Especial do Rio de Janeiro.
    7Apresentação sobre a cultura brasileira da Paraíso de Tuiuti abriu neste domingo a primeira noite de desfiles das escolas de samba do Grupo Especial do Rio de Janeiro. REUTERS
  • Os povos indígenas da Amazônia estavam representados na escola de samba Imperatriz Leopoldinense¡. O tema da escola foi a defesa das tribos do Xingu ameaçados pela agroindústria e pela construção da usina de Belo Monte.
    8Os povos indígenas da Amazônia estavam representados na escola de samba Imperatriz Leopoldinense¡. O tema da escola foi a defesa das tribos do Xingu ameaçados pela agroindústria e pela construção da usina de Belo Monte. EFE
  • No desfile não faltaram críticas veladas à invasão de modismos estrangeiros e à globalização.
    9No desfile não faltaram críticas veladas à invasão de modismos estrangeiros e à globalização. AP
  • A escola de samba Acadêmicos do Grande Rio homenageou a Bahia, o Estado brasileiro onde a cultura africana está mais presente. A cantora Ivete Sangalo foi um dos destaques.
    10A escola de samba Acadêmicos do Grande Rio homenageou a Bahia, o Estado brasileiro onde a cultura africana está mais presente. A cantora Ivete Sangalo foi um dos destaques. EFE
  • Desfile da Beija-Flor.
    11Desfile da Beija-Flor. EFE
  • 12 EFE