Seleccione Edição
Login

Ataque a tiros em shopping deixa cinco mortos nos Estados Unidos

Suspeito do ataque em Seattle é um homem de aparência hispânica que fugiu do local

Shopping após tiroteio.

Quatro mulheres e um homem morreram na noite de sexta-feira ao serem atingidos por tiros em um shopping center de Burlington, cidade localizada a cerca de 100 quilômetros ao norte de Seattle, no Estado de Washington (Estados Unidos). A polícia procura ao menos um atirador, que fugiu do local antes da chegada dos agentes de segurança.

Os disparos aconteceram às 19h (horário local), quando um homem armado com um fuzil entrou na loja de departamento Macy's do shopping e atirou contra alguns clientes.

Em um primeiro momento houve confusão sobre o número de vítimas. As autoridades relataram quatro mortos e depois reduziram para três, antes de voltarem ao número inicial de quatro mortos e falarem de uma quinta vítima, um homem que foi levado do local em estado grave e que acabou morrendo no hospital.

Depois das 21h (horário local), os serviços de emergência confirmaram as buscas por um homem hispânico com uma camiseta escura e distribuíram uma foto que parece ser das câmeras de segurança do estabelecimento.

Trata-se de apenas um suspeito e acredita-se que esteja armado com um fuzil. Durante a noite a polícia vasculhou casa por casa de uma área residencial do outro lado da autoestrada onde fica o shopping. Os moradores receberam ordens para ficar em casa e esvaziar as ruas.

A primeira notícia do incidente foi dada no Twitter pelo sargento Mark Francis, porta-voz da Patrulha de Washington, que às 19h30 escreveu: "Descrição de um atirador ativo: homem hispânico vestido de cinza. Visto pela última vez indo em direção à autoestrada 5 a partir do shopping Casacade, em Burlington".

Pouco depois, Francis tuitou que havia chegado ao shopping e podia confirmar quatro mortos. O mesmo agente corrigiu posteriormente o número para três mortos e dois feridos. O número voltou a ser quatro perto da meia-noite, e depois aumentou para cinco com a morte do ferido. "Infelizmente o homem e quinta vítima, que foi transferido ao (hospital de) Harborview, morreu", disse Francis em sua conta no Twitter.

O incidente ocorre menos de uma semana depois de um homem ter apunhalado nove pessoas em um shopping center de Minnesota, antes de ser abatido a tiros pela polícia. O FBI investiga esse ataque como um possível ato de terrorismo.

De acordo com o site especializado Gun Violence Archive, esse é o sétimo ataque a tiros em massa no Estado de Washington neste ano, entendendo como ataques a tiros em massa aqueles em que são feridas ou mortas ao menos quatro pessoas, além do agressor. O maior número de vítimas aconteceu em 26 de fevereiro, quando um homem matou a mulher, os três filhos e um vizinho. O site calcula que este ano houve mais de 41.000 incidentes com armas de fogo nos Estados Unidos, com um resultado de 10.573 mortos.