Eliminatórias copa do mundo

Brasil vence o Equador por 3 a 0 com dois gols de Gabriel Jesus pelas eliminatórias da Copa

Jogo em Quito foi a estreia do técnico Tite no comando da seleção brasileira

Jesus comemora gol do Brasil contra o Equador.
Jesus comemora gol do Brasil contra o Equador.R. B. (AFP)

O Brasil venceu o Equador por 3 a 0 nesta quinta-feira, em Quito, e chegou aos 12 pontos nas eliminatórias sul-americanas para a Copa do Mundo 2018. Os equatorianos, que começaram a rodada na liderança, ao lado do Uruguai, continuam com 13 pontos. Na estreia do técnico Tite no comando da seleção brasileira, foi outro novato roubou a cena e ajudou a seleção brasileira a quebrar um tabu que já durava 33 anos. Com dois gols, o jovem Gabriel Jesus, de 19 anos, foi a estrela da partida que marcou a primeira vitória do Brasil jogando no Equador desde 1983. O outro gol foi marcado por Neymar, em pênalti sofrido também por Jesus. O time brasileiro volta a campo na próxima terça-feira, às 21h45, contra a Colômbia, em Manaus. Os equatorianos enfrentam no mesmo dia o Peru, em Lima, às 23h15.

"Nao falo que foi goleada. O placar não mostra o que foi o jogo. O primeiro tempo foi muito dificil, mas eles cansaram um pouco no segundo e conseguimos nos impôr". As palavras de Marcelo ao Sportv após a partida resumem perfeitamente o que foi o duelo. Apesar do placar, o Brasil não foi tão superior ao Equador. Em um primeiro tempo muito parado, foram os donos da casa que criaram as melhores chances. Principalmente com Montero, que deu muito trabalho para Daniel Alves. Casemiro foi o destaque positivo e Paulinho, apagado, o negativo. No segundo tempo, o técnico Tite mandou a campo o time sem alterações, mas o posicionamento diferente dos jogadores foi aos poucos cansando os adversários. Foi aí que o talento individual de Neymar e Jesus começou a aparecer. 

Aos 24 minutos, o atacante do Palmeiras ganhou fácil de Mina na corrida, invadiu a área e foi derrubado. Pênalti que Neymar bateu com perfeição para abrir o placar. Na sequência, aos 30, Paredes cometeu falta dura em Renato Augusto, levou o segundo amarelo e foi expulso. A vida do Brasil ficou muito mais fácil. Com toque de bola rápido, o time envolveu a defesa equatoriana e, aos 41 minutos, Jesus desviou de calcanhar após belo cruzamento de Marcelo e ampliou. No fim, aos 45, Neymar tocou para o atacante na entrada da área e ele teve frieza para matar a partida em chute colocado, longe do alcance do goleiro Domínguez: 3 a 0.

Em entrevista coletiva após a partida, Tite fez questão de lembrar do trabalho de Dunga. "Foi um legado do Dunga, com atletas que já trabalhavam na seleção desta forma". Mas também falou sobre as orientações que conseguiu passar para os atletas no dois dias de treinamento, e que foram decisivas para o crescimento da equipe principalmente no segundo tempo. "Outro aspecto é, sim, colocar os outros jogadores em suas funções. Eles funcionaram sem bola e se posicionaram bem". A estreia de Tite não foi brilhante, mas deu ao time brasileiro a confiança que precisava voltar a brigar por uma vaga na Copa do Mundo de 2018.

Veja como contamos Equador 0x3 Brasil no minuto a minuto pelas eliminatórias: