Assessora de Trump assume plágio no discurso da mulher dele

Meredith McIver admitiu ter copiado trechos do discurso de Michelle Obama de forma não intencional

Vídeo que compara as duas intervenções

A polêmica pelo episódio de plágio cometido por Melania Trump se transformou em uma novela que acaba de dar uma nova reviravolta. Meredith McIver, uma assessora até agora desconhecida, anunciou ser a responsável por algumas frases do discurso da esposa de Donald Trump – que falou na segunda-feira na convenção do Partido Republicano, em Cleveland – terem sido calcadas no pronunciamento feito há oito anos pela primeira-dama norte-americana, Michelle Obama, na convenção democrata.

McIver, que se apresentou como uma “amiga e admiradora” da família Trump, se desculpou pelos paralelismos e alegou que não foram intencionais. Ela apresentou sua demissão ao candidato republicano, que a rejeitou.

“Foi erro meu. Eu me sinto terrível pelo caos que causei a Melania e aos Trump, assim como à senhora Obama. Nenhum dano foi intencional”, afirmou McIver em um comunicado. As semelhanças entre ambos os discursos eclipsaram a maior apresentação até agora de Melania Trump, na qual tentou projetar uma imagem mais comedida que a de seu marido, e representaram um humilhante revés para a campanha do candidato republicano nas eleições presidenciais de novembro.

McIver disse que quando começou a falar com Melania Trump de seu discurso pensaram em pessoas e mensagens que a inspiraram. “Uma pessoa de quem ela sempre gostou é Michelle Obama. Por telefone, ela leu para mim, como exemplos, algumas passagens do discurso de Michelle. Eu as anotei e depois incluí algumas das frases no rascunho que acabou sendo o discurso final. Não olhei os discursos da senhora Obama”, afirma no comunicado. Com essas palavras, McIver também revela algo até agora desconhecido: a admiração de Melania Trump por Michelle Obama, a esposa de um presidente a quem o candidato republicano culpa por quase todos os males dos Estados Unidos.

MAIS INFORMAÇÕES