Seleccione Edição
Entra no EL PAÍS
Login Não está cadastrado? Crie sua conta Assine

AO VIVO | Golpe de Estado na Turquia

Siga os principais desdobramentos do levante militar denunciado pelo Governo turco

Golpe na Turquia
Turcos protestam contra a tentativa de golpe na emblemática praça Taksim. Getty Images

Na sexta-feira, o primeiro-ministro da Turquia, Binali Yildirim, afirmou que alguns setores militares se levantaram contra o Executivo no que classificou de uma tentativa de golpe de Estado. Foram fechados ao tráfego as pontes Bósforo e Fatih Sultan, em Istambul. Aviões e helicópteros militares sobrevoaram a capital Ancara e Istambul, as duas cidades mais importantes do país, e houve enfrentamentos nas ruas após o presidente turco Recep Tayip Erdogan pedir que a população resistisse. Hora depois, o Governo anunciou que a situação estava, em sua maior parte, controlada, e Erdogan foi recebido por seguidores em Istambul. Houve prisões em massa de militares desleais e também integrantes da Justiça. Ainda não está claro qual foi a extensão do levante dentro das estratégicas Forças Armadas do país. Siga os principais desdobramentos.