Seleccione Edição
Login

Polícia alemã mata um atirador que invadiu cinema em Viernheim, no oeste do país

Todos os reféns estão em bom estado

Não há detalhes sobre sua identidade ou seus motivos

Atirador na Alemanha
Agente da polícia entra no cinema onde houve tiroteio. Getty Images

Um comando de operações especiais matou na tarde desta quinta-feira um homem armado que havia invadido um cinema do município alemão de Viernheim, ao oeste da Alemanha, perto de Frankfurt. As primeiras informações falavam de entre 20 e 50 pessoas, mas um porta-voz policial desmentiram os rumores ao assegurar que todas as pessoas que estavam no cinema Kinopolis estão vivos e em bom estado. As primeiras informações apontam a que o atirador supostamente sofria de algum desequilíbrio mental.

"O assaltante se movimentava pelo cinema e dava a impressão de estar muito perturbado", disse Peter Beuth, responsável de Defesa do estado federado de Hesse e quem informou sobre a morte do atirador. Para ele, a ação policial está justificada uma vez que o homem havia disparado quatro tiros e mantinha os reféns "em sua área de influência!".

O atentado aconteceu às três da tarde quando, segundo testemunhas, um homem armado e com uma cartucheira de munição invadiu o cinema dando vários disparos para o ar. O lugar foi rapidamente rodeado pela polícia. O diário local Mannheimer Morgen conta que as forças especiais entraram no cinema e mataram o atirador. O jornal Bild informou que umas 25 pessoas ficaram ferias devido à inalação do gás lacrimogênio utilizado pelos agentes de segurança ao entrar no recinto, mas as autoridades insistem em que não há feridos.