Festival de Cannes

Guerra aos saltos altos em Cannes

Kristen Stewart e Julia Roberts enfrentam o rígido protocolo do festival

Julia Roberts, seguida por Jodie Foster, tira o sapato no cinema Palais.Atlas / Andreas Rentz (getty images) (atlas)
Festival de Cannes

Mais informações

Algumas atrizes estão se rebelando contra a ditadura dos saltos altos no tapete vermelho. A última oposição a esta moda aconteceu no Festival de Cannes, que está acontecendo nestes dias. Foi Kristen Stewart que levantou a voz: “As coisas precisam mudar imediatamente. É bastante óbvio que se eu chegar a um tapete vermelho com um acompanhante homem e alguém me parar e falar: ‘Desculpe, jovem, você não está usando saltos e não pode entrar’, eu vou dizer: ‘Nem meu amigo. Ele tem que usar saltos altos? Poderia ser para todos’”. A atriz já foi vista caminhando para o photocall de seu novo filme descalça enquanto um membro da organização carregava seus sapatos com saltos absurdos. Mas foi Julia Roberts que tirou os seus ao subir a escada íngreme que conduz à entrada do cinema onde seu novo filme, Monster Money, seria projetado.

Julia Roberts, em cima de uns sapatos com salto agulha, mal conseguia andar, então não hesitou em tirar os sapatos frente ao sorriso cúmplice de seu companheiro de filme, o ator George Clooney. Alguns viram no gesto da atriz um apoio ao movimento de algumas de suas colegas contra o estrito protocolo imposto para esse tipo de ato.

O Festival de Cannes pede a suas convidadas que usem saltos altos. É uma regra não escrita, mas é parte do dresscode imposto pela organização e parte da tradição. Estes gestos de Stewart e Roberts acontecem depois que foi negado o acesso à première de Carol a um grupo de mulheres no ano passado porque seus sapatos não eram os que a organização considerava adequados. Isto fez com que o festival fosse alvo de críticas por manter uma regra tão ultrapassada.

Kristen Stewart, que se transformou em um ícone da moda para uma nova geração e hoje é a imagem da maison Chanel, argumenta que a regra é extremamente injusta. “Simplesmente não podem me pedir que faça algo que não pedem aos homens”, continuou.

Os sapatos de salto baixo já são tendência há várias temporadas. A designer Victoria Beckham começou a seguir essa tendência. É cada vez mais comum vê-la usando sapatos de salto baixo. Até no final do seu último desfile Beckham saiu para agradecer com o cabelo preso em um rabo de cavalo, calças masculinas, suéter de lã e tênis Adidas branco Stan Smith. Um look suspeitosamente parecido ao de Phoebe Philo, a venerada e discreta diretora criativa da empresa francesa Céline. Alguns presentes, perplexos com a mudança, se apressaram a decretar que os pés dela marcavam o fim de uma era. A explicação, que deu ao The Telegraph, é que sua vida de mãe trabalhadora a obriga a ser mais prática: “Não posso mais usar saltos altos, pelo menos quando estou trabalhando. Viajo muito, e a roupa precisa ser simples e cômoda”, disse.

Uma luta das estrelas que já se espalhou para as ruas, depois que uma recepcionista de Londres lançou uma campanha para proibir, por lei, que as mulheres sejam obrigadas a trabalhar com saltos altos depois de ser demitida por usar sapatos de salto baixo.

Mais informações