Champions League

Real Madrid vence o Manchester City e está na final da Champions League

Time de Zidane venceu o City por 1 a 0 e se classificou para enfrentar o Atlético de Madri em 28 de maio, em Milão

Nicolas Otamendi tenta parar a Cristiano Ronaldo, do Real Madrid.
Nicolas Otamendi tenta parar a Cristiano Ronaldo, do Real Madrid.GERARD JULIEN (AFP)

O Real Madrid venceu o Manchester City por 1 a 0 (veja os melhores momentos no minuto a minuto abaixo) e chegou à final da Champions League pela 14ª vez na história. Depois do 0 a 0 no jogo de ida, Fernando (contra) marcou o gol da vitória do time espanhol no Santiago Bernabéu. A final será contra o arquirrival Atlético de Madri, em Milão, no dia 28 de maio. O encontro será a reedição da decisão de 2013-2014, quando o Atleti vencia por 1 a 0 até os 48 do segundo tempo, quando Sergio Ramos empatou. Na prorrogação, o Real acabou vencendo por 4 a 1 e conquistou sua 10ª Champions.

O jogo

Depois de um jogo de ida muito parado, o encontro desta quarta foi totalmente diferente. O Real jogou com Cristiano Ronaldo, mas sem Benzema e Casemiro. Coube a Jesé e Isco, respectivamente, substituírem os dois titulares. Pelo lado do City, a novidade foi o retorno de Yaya Touré. As mudanças no Real funcionaram bem, mas a do City foi um desastre. Sem ritmo de jogo, o experiente marfinense jogou muito mal e acabou substituído no segundo tempo.

Além da péssima atuação de Touré, o time inglês ainda perdeu seu capitão logo aos 10 minutos do primeiro tempo. Kompany sentiu lesão muscular e teve que ser substituído por Mangala. O City sentiu a troca, e o Real chegou ao gol da vitória 9 minutos depois. Carvajal lançou Bale na área e o galês bateu cruzado, de primeira. A bola desviou em Fernando e entrou no ângulo de Hart: 1 a 0. O gol foi dado para o volante brasileiro.

Sem muitas alternativas e com Aguero muito bem marcado pela impecável zaga rival, a equipe inglesa só foi assustar aos 43 minutos. Fernandinho recebeu na entrada da área, puxou para o meio e chutou na trave de Navas. Mas foi só, muito pouco para um time que se classificaria com um empate por 1 a 1.

Na segunda etapa, o ritmo do jogo ficou mais acelerado. O Real começou querendo decidir logo a parada, e só não o fez porque Hart parou Modric na pequena área (veja o lance abaixo) logo aos 6 minutos. O tempo passava e o City não conseguia chegar com perigo. Pepe e Sergio Ramos não davam espaço nem por baixo, nem por cima. A única chance dos ingleses no segundo tempo foi uma cobrança de falta de De Bruyne, que bateu na rede pelo lado de fora e assustou os torcedores no Bernabéu. No final, levou a melhor o time que dominou os 180 minutos da semifinal.

Veja como contamos os lances de Real Madrid 1x0 Manchester City pela Champions League:

Arquivado Em: