Venezuela

A propaganda: “Antes de Chávez comíamos comida de cachorro”

Dois vídeos de um minuto buscam animar o chavismo no meio da crise econômica

Nos protestos de dezembro de 2002, contra a paralisação da indústria petroleira venezuelana, uma frase ficou famosa: “Com fome e sem emprego, eu fico com Chávez”.

O governo de Nicolás Maduro parece querer lembrar essa época com sua nova campanha de propaganda. A televisão oficial do governo está transmitindo duas peças de um minuto cada que reconhecem a carência de alimentos e remédios, mas pedem paciência e fé à militância chavista. Durante muitos meses o governo negou essa realidade, mas parece óbvio a estratégia já não funciona. 

“Lembro que antes do chavismo não tínhamos o que comer. Minha mamãe ia ao mercado para conseguir ossos para comermos sopa. Até comida de cachorro tivemos que comer”, diz a protagonista do vídeo. E arremata com um tom otimista: “Tenho muita esperança. Tenho fé no futuro”.

Mais informações

O mais visto em ...

Top 50