Facebook

Vídeo do ‘Dia do amigo’ no Facebook comemora aniversário de 12 anos da rede social

Facebook destaca capacidade de conectar o mundo: 1 bilhão de pessoas o acessam diariamente

Mark Zuckerberg em conversa com usuários do Facebook por ocasião do 12º. aniversário da rede social. EL PAÍS VÍDEO

Mais informações

Em 4 de fevereiro de 2004, um jovem aluno de engenharia informática colocou um site no ar a partir de um alojamento de Harvard. Doze anos depois, a rede social de Mark Zuckerberg, que já é o sexto homem mais rico do mundo, conta com mais de 1,65 bilhão de usuários ativos, dos quais pelo menos um bilhão a acessam diariamente, principalmente a partir do celular. Se há uma coisa que o Facebook conseguiu neste tempo é conectar pessoas, fazer com que aquele amigo do jardim da infância volte a saber que fim levou o resto da turma, bastando para isso olhar uma tela. Além disso, o Facebook é a quarta maior empresa do mundo por valor de mercado em Bolsas, e seu portfólio inclui outros aplicativos muito populares, como Instagram e WhatsApp.

Se algo mudou nestes 12 anos é a distância entre as pessoas. O Facebook conseguiu aproximá-las no ciberespaço, e por isto declarou esta data, 4 de fevereiro, como o Dia do Amigo. Nos últimos cinco anos, o número de perfis ativos no Facebook dobrou, e os graus máximos de separação caíram de uma média declarada de 3,74 em 2011 para 3,57 atualmente, segundo os últimos dados disponíveis.

A comemoração do Dia do Amigo inclui um presente para os usuários do Facebook, um vídeo com os melhores momentos desde sua adesão. O vídeo ficará disponível por volta de meio-dia, na hora local de cada país. Assim como os lembretes de postagens especiais e os vídeos-resumo do final de ano, o vídeo do Dia do Amigo buscará incluir apenas as boas lembranças, com base nas reações e na percepção das imagens, mas cada um poderá editá-lo como quiser. Depois de vê-lo pela primeira vez, o usuário poderá compartilhá-lo em seu mural. Num ambiente tão social, não poderiam faltar esses penduricalhos comemorativos.

Na segunda-feira, Mark Zuckerberg e Sheryl Sandberg, principais executivos da empresa, abriram as portas da sede de Menlo Park para receber algumas das pessoas cuja vida mudou desde que o Facebook surgiu. Foram reunidos 18 perfis escolhidos a dedo, de países como Hungria ou Arábia Saudita, para saber melhor como usam o serviço.

Zuckerberg, pai recente de primeira viagem, explicou os motivos do lançamento do Dia do amigo: “Mais do que fazer um aniversário do Facebook centrado em nós mesmos, nos voltamos para o que está acontecendo, para as histórias de pessoas que se conectam no mundo todo e acabam sendo inspiradoras”. Sandberg, que enviuvou no ano passado, foi um pouco mais emotiva: “Uma das coisas que entendi é que preciso comemorar cada aniversário”. Entre as convidadas estava parte do GirlCrew, um grupo do Facebook que nasceu em Dublin pensando em dar mais visibilidade ao trabalho das mulheres na sociedade. Hoje conta com 22.000 seguidores e organiza eventos em mais de 40 cidades.