Cristiano Penaldo

Há ocasiões em que Ronaldo reclama mentalmente antes de o possível pênalti ocorrer

Cristiano reclama na partida contra o Eibar.
Cristiano reclama na partida contra o Eibar.A. Barrientos / AP

O penaldo é um conjunto de quedas na área que Cristiano Ronaldo costuma protagonizar. Não é exatamente um pênalti, mas pode ser. E, se for pênalti, pode ou não ser apitado: em todo caso, é sempre um penaldo.

Costumam ocorrer vários a cada partida, e neste domingo, no jogo Real Madrid x Eibar, aconteceu um muito chamativo. Chamativo é modo de dizer: não existe penaldo que não seja chamativo, e, se não fosse, não seria um penaldo, e sim outra coisa. O penaldo consiste em olhares de desconcerto, dramalhões e desabamento espiritual, uma espécie de marcação divina da qual se conclui: “Por que comigo?”.

Mais informações

O penaldo de ontem ocorreu quando Bale cruzou uma bola e Cristiano, disposto a arrematar, se atirou no gramado. Foi penaldo claro, isso todo mundo viu. Mas foi pênalti? O replay demonstrou que também: o adversário desequilibrou Cristiano. O árbitro não apitou, e Cristiano prosseguiu com a encenação do penaldo, que ocorreria do mesmo jeito se não tivesse sofrido pênalti. Às vezes, mesmo quando a penalidade é marcada, ele continua se debatendo no chão, e o árbitro, que já não sabe mais o que fazer, expulsa o zagueiro.

O penaldo compõe-se de vários atos que podem ser percebidos na queda ocorrida no Estádio de Ipurua. Em primeiro lugar, Cristiano se desloca procurando um lugar de onde arrematar, depois observa onde está seu marcador, e finalmente lança um olhar para o árbitro, dizendo-lhe com os olhos: “Vão fazer um penaldo em mim”.

A principal característica do penaldo é que ocorre antes de CR cair; o penaldo começa a ser executado por via das dúvidas, e aí ninguém mais o para. Há ocasiões em que Cristiano reclama mentalmente antes de mesmo de o possível pênalti ocorrer, criando uma atmosfera de penaldo no estádio. Certa vez, um colega de time precisou segurar Cristiano quando este se dirigia ao árbitro para reclamar de um penaldo que ainda não tinha acontecido, pois o escanteio não havia sido batido.

É preciso dizer que, por força do hábito, o lugar onde menos bola se dá aos penaldos é o Bernabéu. Nos estádios rivais, todos ficam em polvorosa, seja o penaldo pênalti ou não, e assim é muito difícil que se apite alguma coisa. A prática do penaldo, por isso, está gerando mais frustrações a Cristiano do que vantagens. Muitos árbitros assimilaram erroneamente que um penaldo nunca é um pênalti, e assim que veem Cristiano no chão olham para o outro lado. Isso é aproveitado pelos adversários, que veem na entrada de CR na área uma oportunidade para tocá-lo, como se esse território fosse um ponto cego das câmeras de segurança.

É urgente incorporar o penaldo à regra.