Seleccione Edição
Entra no EL PAÍS
Login Não está cadastrado? Crie sua conta Assine

Simeone: “Messi, Neymar e Suárez são fenômenos e um exemplo de união”

“O que mais admiro é como convivem essas três figuras”, falou o treinador do Atlético

Simeone, no Benito Villamarín.
Simeone, no Benito Villamarín. EFE

Diego Simeone compareceu bastante satisfeito na sala de imprensa após a vitória do Atlético de Madri, agora segundo colocado no Campeonato Espanhol, por 1 a 0 sobre o Betis, em Sevilla. “A equipe fez uma grande partida desde o início. Fomos muito bem na pressão e encontramos muitas situações de gol. O importante é seguir crescendo e manter este nível de futebol, que foi muito alto”, disse o técnico argentino quando perguntado sobre a posição do Atlético na tabela, acima do Real Madrid. “Venho dizendo faz muito tempo. Nos focamos jogo a jogo e veremos onde podemos chegar”, esclareceu o técnico, que aproveitou para falar do líder Barça. “Claro que vi o Real x Barcelona. O Barcelona joga muito bem, isso é evidente. O que mais admiro dessa equipe é como convivem três figuras como Messi, Neymar e Luis Suárez. São três fenômenos e um exemplo de união."

“O Atlético mais completo que eu treinei foi o que foi campeão. Os melhores são os que ganham. Esta equipe está se formando, com garotos novos, que se estão encontrando seu lugar na equipe. Fizemos uma boa partida e já sabemos o que precisamos fazer para manter este nível”, acrescentou Simeone.

O técnico referiu-se por último ao atacante francês Griezmann. “Decidi colocá-lo para jogar depois de uma semana complicada porque vi que está bem. No outro dia ele nos salvou nos acréscimos e o importante é criar oportunidades. Em breve fará os gols”, finalizou o treinador argentino.

O treinador do Betis, Pepe Mel, valorizou a derrota de sua equipe. “Jogamos contra um aspirante ao título e criamos chances até o final. Acho que as sensações não são ruins e posso sair contente com o que fizeram meus jogadores”, disse o técnico.

MAIS INFORMAÇÕES