Um dos arranha-céus mais altos do mundo pega fogo em Dubai

Incêndio, iniciado no 50º andar, deixa sete feridos e centenas de moradores desalojados

Pelo menos sete pessoas inalaram fumaça e centenas de moradores foram retirados de seus apartamentos, neste sábado, em Dubai, devido ao incêndio ocorrido nesta madrugada no arranha-céu A Tocha, informou a Defesa Civil da cidade dos Emirados Árabes Unidos.

O fogo, que começou no 50º andar de um total de 79, começou às 2h da madrugada (20h de sexta-feira, no horário de Brasília) e obrigou o isolamento do arranha-céu –de 336 metros de altura e um dos mais emblemáticos do emirado–, assim como dos edifícios vizinhos, ameaçados pelas chamas devido à forte tempestade de areia que atinge o país há dois dias.

MAIS INFORMAÇÕES

"O incêndio começou em ma lateral da torre, e, quando descemos para que o que estava acontecendo, ficamos muito assustados, principalmente pelo efeito do vento; havia um sofá queimando que chegou até o edifício ao lado”, disse à Efe a moradora espanhola de um dos prédios vizinhos à Tocha Carlota Quesada. No grupo do Facebook chamado Espanhóis em Dubai, alguns mensagens narraram os acontecimentos.

"A retirada foi muita bem-sucedida, é um milagre que não tenha feridos”, escreveu Sonia Estel Arya. Mercedes Nazar, outra cidadã argentina, pediu ajuda aos membros da comunidade hispânica, uma vez que estava do lado de fora do edifício com um bebê após ter sido retirada do prédio.

O maior perigo aconteceu devido à queda de vidro fundido, escombros e mobiliário da torre, o que levou a Defesa Civil a interditar todas as ruas próximas ao edifício.

Os efeitos das chamas na fachada do arranha-céu.
Os efeitos das chamas na fachada do arranha-céu.ALI HAIDER (EFE)

O serviço de bondes também foi suspenso em seis estações, informou a Autoridade de Transporte e Vias (RTA, na sigla em inglês). Segundo uma mensagem publicada no Twitter, a Polícia de Dubai afirmou que “não há suspeita de que o fogo tenha sido provocado”.

Desde sua inauguração, o edifício já enfrentou diversos alarmes falsos de incêndio, o que levou os moradores a ignorarem a possibilidade de um acidente real, segundo outra testemunha. Na Tocha, com 676 apartamentos, moram principalmente expatriados. O incidente aconteceu apenas um dia após outro grave incêndio localizado em uma área industrial da região de Musafah, em Abu Dhabi, que deixou dez mortos e oito feridos.

Arquivado Em: