Israel lança um ataque aéreo em Gaza pela primeira vez desde o cessar-fogo

O bombardeio, que respondia ao lançamento de um foguete, não causou feridos

Um militar palestino em Gaza, que foi atacada por Israel.
Um militar palestino em Gaza, que foi atacada por Israel.SAID KHATIB (AFP)

Um avião de guerra israelense atacou na noite desta sexta-feira um posto militar das milícias do movimento islamista Hamas em Jan Yunis, no sul de Gaza, sem que se registrassem feridos, informaram neste sábado oficiais palestinos e fontes israelenses. Trata-se do primeiro bombardeio sobre o território desde o cessar-fogo declarado em agosto passado depois de uma ofensiva de 50 dias que causou mais de 2.100 mortos.

Mais informações

Membros das forças de segurança e testemunhas asseguraram que aeronaves do Exército israelense bombardearam em duas ocasiões um centro de treinamento que pertence ao braço armado do Hamas, as Brigadas de Ezedín el Kassam, sem causar feridos.

Segundo anunciou o Exército israelense em um breve comunicado, o ataque respondeu à queda no sul do país de um projétil disparado desde Gaza que não causou danos nem feridos.

Este é o terceiro projétil procedente da Faixa de Gaza que cai em chão israelense desde que cessar-fogo de 26 de agosto após a operação Limite Protetor.

É a primeira vez neste tempo que o Exército israelense bombardeia o enclave costeiro após a operação que causou a morte a mais de 2.100 pessoas, na sua grande maioria civis palestinos.