Seleccione Edição
Login

Tintim bate o recorde mundial da venda de quadrinhos em um leilão público

Um comprador norte-americano adquiriu a peça no evento organizado em Paris no fim de semana

A folha de Tintim leiloada por Artcurial.
A folha de Tintim leiloada por Artcurial.

Uma página dupla desenhada por Hergé para a capa interior das aventuras de Tintim foi vendida a um preço recorde, 2.519.000 euros (7,6 milhões de reais) pela casa de leilões Artcurial em Paris, uma quantidade muito superior ao valor inicial da obra (entre 2,1 e 2,7 milhões de reais). A obra foi adquirida por um colecionador norte-americano de identidade desconhecida depois de 15 minutos de leilão, informa a agência AFP.

Os especialistas consideram que a cifra alcançada refletem o novo entusiasmo pelos temas dos desenhos em quadrinhos, cujos preços não pararam de crescer em uma década. A peça vendida no sábado passado quase duplica o recorde anterior de venda de comics, que correspondia à capa do Tintim na América, criada em 1932 e vendida por 3,9 milhões de reais.

Uma porta-voz da marca indicou que a folha foi comprada no início de um leilão de desenhos e álbuns raros de Hergé, tanto em branco e preto quanto em cor, desde os anos 1930 à década de 1960, informa a agência Efe.

O desenho, feito com tinta chinesa, mostra Tintim e Milu em 34 situações que representam outras tantas aventuras dos álbuns aos que estava destinado. Isso incluía uma história que deveria ser contada em terras nórdicas e que o autor belga não chegou a terminar.