Um tiroteio em uma área universitária da Califórnia deixa sete mortos

Segundo a polícia, o crime foi premeditado Um vídeo onde um estudante ameaça matar todas as mulheres da Universidade é investigado

Local do tiroteio nesta sexta na Califórnia.
Local do tiroteio nesta sexta na Califórnia.J. P. / AP

Sete pessoas morreram e outras sete ficaram feridas nesta sexta-feira à noite em um tiroteio premeditado no bairro universitário de Buena Vista, situado nas imediações da Universidade da Califórnia em Santa Bárbara (UCSB). O autor dos disparos também morreu, após bater com seu carro.

A polícia está reconstruindo as múltiplas cenas do crime, que começou às 21h30 da noite. Após a primeira rajada de disparos e quando os feridos começavam a ser atendidos, logo aconteceram  outros disparos em diferentes pontos do bairro universitário.

Seis minutos depois da primeira chamada ao serviço de emergência, um homem começou a disparar contra os policiais, que revidaram. O agressor fugiu e, pouco depois, ao ser localizado, houve um segundo tiroteio.

Foi então quando o autor dos disparos, que conduzia uma BMW preta, fugiu em direção a Del Playa Drive e bateu contra um veículo estacionado, segundo o Departamento de Polícia. Quando se aproximaram do automóvel, os agentes perceberam que o homem estava morrendo e retiraram a pistola semiautomática que ele levava. Seu nome não foi revelado até o momento.

A polícia investiga os vínculos do suposto autor com um vídeo onde um jovem ameaça semear a violência no campus de Santa Bárbara. Bill Brown, xerife do condado de Santa Bárbara, destacou que o título das imagens é “Elliot Rodger’s retribution” (as represálias de Elliot Rodger) e que elas poderiam estar ligadas com o caso.

No vídeo, o jovem que se identifica em seu blog como um estudante da Universidade de Santa Bárbara, declara: “Sentirei um grande prazer em matar todos vocês. No final, vocês se darão conta de que sou um homem superior, um homem alfa”. “Serei um deus comparado a vocês. Todos serão animais e como tais os matarei. Odeio a todos. A humanidade é asquerosa, desprezível, depravada”, acrescenta.

Ao longo de seis minutos, o autor declara se sentir recusado pelas mulheres e especifica: “Depois que eu aniquilar cada garota no campus, sairei às ruas e dispararei contra cada uma das pessoas que cruzarem meu caminho”. Em seu site pessoal o autor do vídeo diz que nasceu no Reino Unido e que cresceu em San Fernando Valley.

As sete pessoas hospitalizadas estão sendo tratadas por ferimentos de diversas gravidades causados pelos disparos.

O mais visto em ...

Top 50