Três contos inéditos de JD Salinger filtrados na internet

As histórias são 'O oceano cheio de bolas de boliche', 'Paula', e 'O garoto do aniversário', vendidas em livro através de eBay

O escritor Jerome David (J. D.) Salinger.
O escritor Jerome David (J. D.) Salinger.

A notícia surgiu na quinta-feira no site informativo e agregador de notícias Buzzfeed: três contos que o escritor J.D. Salinger nunca quis publicar chegavam a uma página de intercâmbio de arquivos de música onde só tem acesso quem receber um convite. A mais recente traição aos desejos do autor de “O apanhador no campo de centeio”, que passou mais de quatro décadas sem querer publicá-lo e defendeu sua privacidade e reclusão, acontece poucos meses após a estreia de um documentário –e um livro inspirado no mesmo–, que prometia descobrir os segredos do afamado misantropo. A “exclusiva” acabou não sendo para tanto. No entanto, as primeiras vozes de críticos e especialistas, como a do jornalista do LA Times, David L Ulin, confirmaram que os três contos filtrados são de Salinger.

Os originais de Paula, Birthday Boy (O garoto do aniversário) e The Ocean Full of Bowling Balls (O oceano cheio de bolas de boliche) encontram-se custodiados nos arquivos de duas universidades norte-americanas, Princeton e o Centro Harry Ransom, no Texas, e só podem ser consultados por pesquisadores autorizados. No entanto, em 1999, mais de uma década antes da morte de seu autor em 2010, estes três relatos ficaram reunidos em uma edição ilegal de apenas 25 exemplares, impressos em Londres. Um destes livros foi leiloado em setembro no site E-bay e vendido por 103 reais (27 libras). Parece que esta é a origem do arquivo em pdf que circulou pela web.

Um dos três contos, The Ocean Full of Bowling Balls foi escrito para a revista Harper’s Bazaar mas Salinger decidiu retirá-lo antes que fosse publicado. A história se relaciona com a trama de O apanhador no campo de centeio, a célebre novela de iniciação protagonizada pelo adolescente Holden Caufield que lançou Salinger à fama e que vendeu mais de 20 milhões de cópias no mundo inteiro. O conto que foi difundido trata do irmão menor de Holden, que na novela se chama Allie mas que nesta história adota o nome de Kenneth Caufield. Nele aparece uma carta que Holden escreve a Kenneth enquanto este está em um acampamento de verão. Guardado em Princeton, segundo a agência de notícias Reuters, o acordo com a universidade estabelece que o relato não poderia ser publicado até 2060. Em 1965 Salinger parou de publicar seu trabalho, embora nunca deixou de escrever.

Arquivado Em: