Coluna
i

O doloroso dilema de Lula

É em momentos cruciais que pessoas como o ex-presidente, que lutaram por toda a vida para manter viva a democracia, precisam esquecer as dores pessoais pelo bem da nação

O ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva durante encontro do PT, em Brasília, em 18 de fevereiro de 2020.
O ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva durante encontro do PT, em Brasília, em 18 de fevereiro de 2020.ADRIANO MACHADO / Reuters

É um tanto estranho ver um líder político com a estatura e a história do ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva criticar os primeiros movimentos suprapartidários em defesa da democracia no momento crítico que o Brasil vive, em meio aos arroubos autoritários do presidente de extrema-direita Jair Bolsonaro e de suas ameaças de golpe militar....

Mais informações