RacismoTribuna
i

Estar nas ruas é um sentido de sobrevivência das pessoas negras, no Brasil e no mundo

Quando a polícia chega para matar estamos praticamente mortos, fisicamente eliminados, emocionalmente sequelados. Já não podemos respirar há muito tempo

Homem com máscara passa por graffiti de Marcos Costa, o Spray Cabuloso, na entrada da favela Solar de Unhão em Salvador, Bahia, em 15 de abril.
Homem com máscara passa por graffiti de Marcos Costa, o Spray Cabuloso, na entrada da favela Solar de Unhão em Salvador, Bahia, em 15 de abril.ANTONELLO VENERI / AFP
Andreia Beatriz Silva dos Santos

Enquanto o mundo tenta se organizar frente aos efeitos da pandemia mundial por covid-19, o assassinato de George Floyd, um homem negro, por um policial branco em Minneapolis, Minnesota, no dia 25 de maio de 2020, data que marca o Dia Mundial da África, expõe, ma...

Mais informações