Brasil é o terceiro país mais letal do mundo para ativistas ambientais, só atrás de Filipinas e Colômbia

Relatório anual da ONG Global Witness contabiliza 24 mortes de defensores do meio ambiente em 2019, quatro a mais que no ano anterior. 90% dos assassinatos ocorreram na Amazonia

América Latina, a região mais fatal do mundo para os ecologistas

ONG Global Witness fixa em mais de 80 os ativistas assassinados no ano passado. A Colômbia, com 24 mortos, supera o Brasil como o pior país

“Brasil é, de longe, o país mais perigoso para os defensores dos direitos indígenas”

Informe da ONU sobre direitos dos povos tradicionais no mundo denuncia que país, ao lado de Colômbia, México e Filipinas representam 80% das mortes de defensores indígenas

Coluna

Massacre anunciado na Anapu de Dorothy Stang

A tensão no Pará, lugar mais letal do mundo para defensores da terra ou do meio ambiente, tornou-se ainda mais explosiva do que na época em que a missionária foi assassinada

Brasil, o país mais letal para defensores da terra e do meio ambiente

País lidera estatística compilada por ONG britânica, com 57 mortes de um total de 207 no ano passado. Governo brasileiro contesta os dados

Ativistas ambientais

Assassinato de ecologistas bate recorde e Brasil é o país mais perigoso da região

Pelo menos 185 ativistas morreram em 2015 e 66% das vítimas são latino-americanas

COP21

Ao menos 78 ambientalistas foram assassinados em 2015

Brasil e Colômbia são os países com maior número de mortes de ativistas