Barcelona demite Ernesto Valverde e escolhe Quique Setién como novo treinador

Clube se livra do técnico que venceu os dois últimos campeonatos espanhóis, e o ex-técnico do Betis se sentará no banco do Camp Nou

Valverde, na saída da Cidade Esportiva.
Valverde, na saída da Cidade Esportiva.Alejandro Garcia / EFE

O Barcelona acertou a destituição de Ernesto Valverde e a contração de Quique Setién como novo treinador. O presidente do clube, Josep Maria Bartomeu, comunicou a demissão ao técnico azul-grená após o treino que o técnico da Extremadura dirigiu na manhã de segunda-feira na Cidade Esportiva Joan Gamper. Após a reunião da diretoria na parte da tarde Quique Setién foi escolhido como novo treinador. O ex-técnico do Betis estreará no domingo no Camp Nou contra o Granada.

A direção esportiva e a diretoria do clube perderam a confiança na gestão de Valverde, apesar da equipe azul-grená ser líder do Campeonato Espanhol, empatada com o Real Madrid, e estar classificada às oitavas de final da Champions League. O jogo da equipe, entretanto, não é convincente para os diretores do Barcelona e essa falta de convencimento ficou latente após o empate no clássico catalão contra o Espanyol (2x2) e da derrota na semifinal da Supercopa contra o Atlético de Madrid (2x3). Aproveitando a disputa do troféu na Arábia Saudita, o secretário técnico Eric Abidal e o CEO do clube Óscar Grau negociaram no Catar com Xavi Hernández. O ex-jogador azul-grená e agora técnico do Al Sadd recusou a oferta para assumir o comando do Barcelona nesse momento.

O clube ficou em evidência porque não conseguiu esconder as negociações com Xavi, o que enfraqueceu Ernesto Valverde. Duas carismáticas figuras do Barcelona, Guardiola, treinador do Manchester City, e Iniesta, jogador do Vissel Kobe, criticaram o comportamento da diretoria com o Txingurri. “As atitudes do Barcelona não foram boas. É preciso ter um pouco de respeito ao treinador atual, as atitudes são o que mais pode doer”, disse Iniesta. “Eu me sinto muito mal por Ernesto Valverde. Não merece isso”, afirmou Guardiola.

Após a etapa de Luis Enrique, Valverde foi contratado como treinador do Barcelona em maio de 2017. O técnico da Extremadura conseguiu vencer Espanhol e Copa do Rei em 2018 e novamente o Espanhol em 2019. O Barcelona, entretanto, sofreu dois grandes fiascos na Champions. Venceu por 4x1 na ida, mas perdeu por 3x0 na volta das quartas de final de 2018 contra a Roma. E a história se repetiu um ano depois, nas semifinais, quando a equipe de Valverde, após vencer por 3x0 no Camp Nou, caiu por 4x0 em Liverpool. Poucos dias depois também perdeu a final da Copa do Rei, em Sevilha, contra o Valência (2x1).

Em fevereiro de 2019, Ernesto Valverde renovou seu contrato com o Barcelona por mais uma temporada, com opção a outra. Seu contrato, portanto, só terminaria em junho de 2020. Ao final da temporada passada, após os tropeços contra o Liverpool e o Valência, já esteve prestes a ser demitido, mas por fim Josep Maria Bartomeu optou por mantê-lo no cargo. As dúvidas dentro da diretoria não se desvaneceram. Apesar da situação no Espanhol e na Champions, o critério dos que queriam a demissão imediata de Valverde acabou se impondo com a intenção de atingir os objetivos fixados nesta temporada.

Mais informações