Morre Little Richard, grande pioneiro do rock n’ roll

Criador do “A-wop-bop-a-loo-bop-a-wop-bam-boom” e fundador do gênero nos anos cinquenta, com Chuck Berry e Jerry Lee Lewis, sai de cena aos 87 anos

Little Richard, em um estúdio de gravação em 1959.
Little Richard, em um estúdio de gravação em 1959.Michael Ochs Archives / Getty Images

Mais informações

Richard Wayne Penniman, conhecido como Little Richard, faleceu neste sábado aos 87 anos. Afetado por problemas de saúde há anos e vítima de vários ataques cardíacos, a morte daquele que é considerado um dos três pais do rock ao lado de Chuck Berry e Jerry Lee Lewis foi confirmada pelo filho à revista Rolling Stone, embora a causa não tenha sido mencionada.

Little Richard (1932, Macon, Geórgia) conquistou os jovens dos anos cinquenta com singles como Tutti Frutti (1956), seguido por uma esmagadora lista de sucessos: Long Tall Sally Rip It Up no mesmo ano, Lucille, um ano depois e Good Golly Miss Molly em 1958. “Acho que meu legado deve ser exatamente esse, quando comecei no show business, não havia parecido ao rock‘n’roll. Quando lancei Tutti Frutti foi quando o rock começou a atacar”, disse em uma entrevista em 2013, quando anunciou a aposentadoria.

Sempre crítico em relação ao seu lugar na história, Richard tinha muito claro que o nascimento do rock‘n’roll se deveu ao fato de que os brancos o terem tirado da comunidade negra e não tinha qualquer inibição de afirmar, como fez em Gijón em 2005: “Fomos nós, os negros, que criamos o rock‘n’roll. Elvis era incrível, mas ele não foi um criador. Não quero dizer com isso que fosse pior, mas os autênticos criadores do rrock‘n’roll. foram negros. Agora está acontecendo o mesmo com Eminem e o rap, que é outro estilo também criado pelos negros”.

Embora sempre tenha se sentido um pouco menosprezado, Little Richard, Chuck Berry e Jerry Lee Lewis romperam regras e abriram caminho para mitos como Elvis Presley, os Beatles, que sempre reconheceram sua influência, e os Rolling Stones. Para a memória ficam muitas canções e seu famoso grito de guerra: “A-wop-bop-a-loo-bop-a-wop-bam-boom”.

Mais informações